Seta Direita

Busca por Fornecedor ou Produto Utilize a barra de busca para procurar
o fornecedor ou produto que você deseja!

> > Revestimentos para churrasqueiras devem ter resistência ao calor

Revestimentos para churrasqueiras devem ter resistência ao calor

Dos porcelanatos aos acabamentos metálicos, o ideal é ter em mente que o produto escolhido deve suportar as altas temperaturas produzidas no braseiro

Texto: Graziela Silva


A churrasqueira tem acabamento em pedra canjiquinha e granito neste projeto de Rosa Tieppo em parceria com o escritório Tieppo & Gonzalez

Na hora de escolher os revestimentos para churrasqueiras devem ser observados alguns requisitos relacionados à resistência dos materiais a altas temperaturas e ao manchamento por gordura e outros agentes.

Algumas opções se destacam pelo bom desempenho. “O porcelanato é muito resistente e próprio para revestir churrasqueiras”, opina a arquiteta Helen Granzote. O material, assegura Edson Gutierres, sócio da Innovazione Revestimentos, suporta altas temperaturas e choques térmicos. “Ele não vai trincar, não vai dilatar”. Vantagens adicionais são a praticidade na limpeza, a baixa absorção do produto esmaltado, as opções com aparência de pedras naturais e com custo mais atraente quando comparado a estas.

O porcelanato é muito resistente e próprio para revestir churrasqueiras
Helen Granzote, Arquiteta

“Outro material indicado para revestir churrasqueiras são as pastilhas de porcelana, que também são resistentes a intempéries. Algumas apresentam aspecto rústico e podem ser ainda uma opção quando a churrasqueira apresenta linhas curvas. O acabamento fica com aspecto melhor”, observa Edson. Segundo o sócio da Innovazione, o assentamento de revestimentos externos requer o emprego de argamassa ACIII, própria para altas temperaturas.

PEDRAS NATURAIS

Reconhecidas por sua resistência, as pedras naturais também são indicadas pelos profissionais, mas a especificação deve considerar a porosidade dos diferentes produtos. “Os tons mais escuros de granitos são os mais indicados, pois não mancham com gorduras e bebidas”, diz Lázaro Medeiros, diretor técnico da Top Mármore. Se a escolha for por tons mais claros, a orientação é impermeabilizar o material. O profissional ressalta ainda: “Apenas os quartzos e/ou materiais sintéticos não podem ser utilizados em áreas externas, expostas ao sol, nem ser instalados próximos à grelha em contato direto com fogo e alta temperatura”.


Nesta varanda, a arquiteta Helen Granzote optou por revestir a churrasqueira com tradicional tijolo aparente

MODELO TRADICIONAL X KITS PRONTOS

Um aspecto a ser considerado na aplicação dos revestimentos é que as churrasqueiras tradicionais de alvenaria deixaram de ser a única opção disponível no mercado. Diversos fabricantes passaram a oferecer modelos de execução simplificada e ampliaram as possibilidades de uso e de personalização. “A principal vantagem do kit pronto é a velocidade da construção, customização e a mobilidade. Este tipo de produto pode ser montado pelo próprio proprietário”, observa a designer de interiores Rosa Tieppo.

As pastilhas de porcelana também são resistentes à tempérie. Algumas apresentam aspecto rústico e podem ser uma opção quando a churrasqueira apresenta linhas curvas
Edson Gutierres, Sócio da Innovazione Revestimentos

Os modelos conhecidos como high tech, vendidos em diferentes dimensões, incluem geralmente itens como braseiro, coifa, grelha elevatória e espetos para instalação direta na área de lazer. São comuns projetos que lançam mão dessa solução e optam por vidros ou material metálico como fechamentos laterais, com o objetivo de direcionar a fumaça. Devem ser especificados nesses casos, informa Marcio Gemignani, diretor executivo da Largrill, vidro temperado com espessura mínima de 10 mm e aço inox. “É necessário que o inox seja o de qualidade AISI 304 (sem carbono em sua composição) e com espessura mínima de 1,0 mm”, orienta.

Alguns projetos deixam as laterais livres e apostam na aplicação de acabamentos atrás da churrasqueira. A sugestão da arquiteta Helen Granzote é utilizar cerâmicas, porcelanatos e mosaicos de vidro, que em geral podem ser aplicados tanto na face externa como interna da churrasqueira. “As pedras naturais, se colocadas atrás do braseiro, podem escurecer por conta da chama”, ressalta. “Sugerimos atenção especial para alguns revestimentos que são lindos, dando várias opções de cores, mas que são inflamáveis e que, por desconhecimento, são utilizadas em áreas de calor, aumentando a incidência de trincas”,

Os tons mais escuros de granitos são os mais indicados, pois não mancham com gorduras e bebidas
Lázaro Medeiros, Diretor técnico da Top Mármore

Comercializadas como produto pronto – que exige apenas montagem das peças – as churrasqueiras pré-fabricadas em concreto também podem ganhar acabamentos. Entretanto, a aplicação de qualquer material ou mesmo textura ou pintura deve ser precedida do reboco da face exterior, explica Maria José Czimmermann, diretora da Bella Telha. Os revestimentos – a profissional cita pastilhas, granitos, pedras canjiquinha – devem ser assentados com massa refratária.

Para os modelos tradicionais, os cuidados começam na execução da churrasqueira. “Placas de refratário devem ser usadas na área interna do braseiro, onde o carvão é colocado, de forma a cobrir o fundo e as laterais”, orienta Rosa Tieppo. O uso de tijolos aparentes de boa qualidade é a recomendação de Maria José, da Bella Telha. Para maior durabilidade, o revestimento deve ser impermeabilizado, sendo que o acabamento deve ser alvo de manutenções periódicas.

Colaboraram para esta matéria

Marcio Kamiyama
Rosa Tieppo – Do escritório Tieppo Arquitetura e Interiores, a profissional atua no mercado de decoração e arquitetura nos segmentos comercial e residencial.
Marcio Kamiyama
Helen Granzote – Arquiteta, realiza projetos nas áreas residencial, comercial e institucional.
Marcio Kamiyama
Edson Gutierres– Sócio da Innovazione Revestimentos.
Marcio Kamiyama
Lázaro Medeiros – Diretor técnico da Top Mármore.
Maria José Czimmermann – Diretora da Bella Telha.
Marcio Gemignani – Diretor-executivo da Largrill.
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos do Portal AECweb.

+55 (11) 3879-7777

Fale conosco