Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Como assentar pisos na diagonal? Veja dicas e orientações

Como assentar pisos na diagonal? Veja dicas e orientações

A colocação de revestimentos cerâmicos com paginações especiais dá mais dinamismo aos ambientes. Entenda a importância do projeto de paginação e veja quais são os índices de perdas

Texto: Juliana Nakamura

pisos ceramicos diagonais
A paginação diagonal pode ser utilizada em ambientes residenciais, comerciais e corporativos (foto: Boris Rabtsevich/shutterstock)

O interesse em obter um efeito estético diferente e criativo é o principal motivo que induz à opção por paginações menos usuais para o assentamento de pisos cerâmicos. Estamos falando sobre disposições que se distinguem do layout reto, no qual todas as peças com as mesmas dimensões são organizadas alinhadas umas com as outras.

Muitas vezes um material comum adquire um novo status com uma paginação especial
Stéphanie Esposito

“Muitas vezes um material comum adquire um novo status com uma paginação especial”, diz Stéphanie Esposito, arquiteta do Studio 19. Ela se refere, principalmente, à disposição diagonal, na qual as peças são assentadas com inclinação de 45 graus, conferindo a sensação de movimento e dinamismo ao espaço. A arquiteta destaca, ainda, a paginação espinha de peixe, que também consiste no assentamento de peças em ângulos de 45 graus, mas com peças retangulares, formando um zigue-zague.

Pisos e revestimentos de cerâmica esmaltada

Pisos e revestimentos de porcelanato

Cortadores manuais de cerâmica, azulejos e vidros – Venda

QUANDO ASSENTAR PISOS NA DIAGONAL?

De modo geral, a paginação reta apresenta os melhores resultados quando combinada a peças de grandes formatos, em projetos que valorizam a amplitude visual dos ambientes. Bem diferente é a distribuição espinha de peixe. Indicada para placas em formatos menores e retangulares, esse layout costuma ser mais comum no assentamento de paredes do que no de pisos.

Já paginação diagonal é bastante flexível e pode ser aplicada em quase todo tipo de ambiente residencial, assim como em espaços comerciais e corporativos.

Tanto a paginação diagonal, quanto a espinha de peixe, podem utilizar revestimentos de tonalidades diferentes. No entanto, por não valorizar a amplitude, essa combinação deve ser evitada em ambientes de dimensões reduzidas e em projetos que privilegiam um visual mais limpo.

ASSENTAMENTO DE PISO EM DIAGONAL E ESPINHA DE PEIXE

Se por um lado layouts não convencionais permitem obter visuais únicos, por outro, exigem mais atenção, principalmente na hora de elaborar o projeto de paginação e de realizar recortes nas placas.

Além disso, a disposição incomum das placas de piso impõe um índice maior de perdas de material. “O assentamento reto é o mais utilizado e isso não é sem motivo. Ele é o que exige menos cortes, é mais ágil para executar, e desperdiça menos material”, diz o engenheiro Luiz Souza, diretor da LS Construções.

Calculamos um índice de perda de 20% para uma paginação diagonal e de até 30% para a paginação espinha de peixe
Luiz Souza

Para se ter uma ideia, para o cálculo das peças na paginação alinhada, os fabricantes de revestimentos cerâmicos e porcelanatos recomendam considerar um percentual de 10% de perda. “Calculamos um índice de perda de 20% para uma paginação diagonal e de até 30% para a paginação espinha de peixe”, acrescenta Souza. Ele lembra que a paginação espinha de peixe via de regra apresenta um custo ainda mais elevado de aplicação. “Primeiro porque dá mais trabalho para assentar. Depois, porque exige uma mão de obra mais qualificada”, diz o engenheiro.

PROJETO DE PAGINAÇÃO

Para obter os melhores resultados, diminuir desperdícios e evitar retrabalhos no assentamento de revestimentos cerâmicos, não se pode prescindir de um projeto de paginação. A importância desse planejamento torna-se ainda maior quando se recorre a paginações incomuns, que exigem cortes angulares nas peças.

Com o projeto de paginação, é possível simular como ficará o assentamento do piso, saber previamente quanto material será necessário e todos os recortes demandados. “Mas não adianta fazer um projeto de paginação se o instalador não tiver o cuidado de seguir o plano à risca”, alerta Souza.

Stéphanie Esposito concorda e reforça: “Antes de iniciar o assentamento, é importante verificar se a instalação respeita os ângulos corretos e o início das paginações definidas em projeto”.

De acordo com a arquiteta, cuidados especiais devem ser tomados no momento do corte das peças. “Esse serviço deve ser feito com cuidado e por um profissional qualificado sob o risco de aumentar o índice de perdas”, finaliza.

Confira também:

Saiba como especificar, instalar e cuidar do porcelanato

Destacamento das placas é a principal patologia dos revestimentos cerâmicos

Como instalar porcelanato? Assista ao vídeo e aprenda passo a passo

Colaboração técnica

engenheiro-civil-ruy-serafim
Stéphanie Esposito – Arquiteta e urbanista formada pela Universidade Mackenzie, está à frente do Studio 19, escritório especializado em projetos de arquitetura e design de interiores residenciais e comerciais.
Luiz Souza – Engenheiro civil, é diretor da LS Construções, empresa que atua no segmento de reformas residenciais e comerciais.
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro