Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Dicas e revestimentos para aplicar piso sobre piso na sua obra

Dicas e revestimentos para aplicar piso sobre piso na sua obra

Do porcelanato ao laminado, a sobreposição de revestimentos é uma boa opção para quem quer fugir da bagunça das reformas com praticidade e baixo desperdício de material

Por Vanessa Moura

Piso sobre piso

Existe, sim, uma maneira prática de dar vida nova a um ambiente sem passar pelo transtorno do quebra-quebra e evitar aquela geração de entulhos, resíduos e poeira. O segredo é escolher os materiais adequados e aplicá-los de forma correta.

Quando a alteração não é estrutural, trocas de revestimentos para pisos e paredes requerem como recurso o assentamento de um novo material sobre o antigo, utilizando, por exemplo, cola ou argamassa especial.

Segunda a designer de interiores Cristina Barbara, é preciso redobrar a atenção nesse tipo de procedimento, já que a espessura da superfície é relativamente aumentada. “Vale investir em mão de obra especializada, que já tenha experiência em assentamento, para evitar desperdício de material, além de corrigir possíveis irregularidades no piso original”, declara a profissional.

Vale investir em mão de obra especializada para evitar desperdício de material

No caso dos pisos, o rodapé também merece atenção e deve ser substituído por um novo. Caso contrário, segundo Filipe Coletta – membro do conselho da empresa Villagres e responsável pelos setores de fachadas ventiladas e pisos elevados –, vai apresentar diferença na espessura e, consequentemente, comprometer a estética.

Confira os revestimentos mais indicados para sobrepor a outros:

PORCELANATO

Para Filipe Coletta, o revestimento ideal para sobrepor ao outro é o porcelanato slim. “A espessura fina diminui o peso do produto, o que facilita o assentamento de um piso sobre o outro”, afirma. Os porcelanatos tradicionais medem cerca de 10 mm de espessura, enquanto os pisos Slim apresentam espessura média de 4 mm. Segundo o profissional, o produto também leva vantagem porque ainda pode ser assentado diretamente sobre o contrapiso.

Indicação

Podem ser aplicados sobre piso cerâmico, porcelanato e pedras, desde que estejam bem assentadas

Pode sobrepor

O porcelanato, tanto em seu formato tradicional quanto o Slim, é muito versátil e pode ser instalado em áreas internas e externas.

CERÂMICA

Práticos, econômicos, duráveis e fáceis de limpar, os revestimentos de cerâmica podem ser assentados sobre outros desde que o anterior esteja totalmente nivelado e fixado à parede ou ao chão. No entanto, se já ocorreu incidência de estufamento ou descolamento do material original, até mesmo em alguma parte dele, a sobreposição é contraindicada.

Indicação

Pode ser aplicada sobre a própria cerâmica ou porcelanato, desde que estejam bem assentados e utilize argamassa industrializada, que tem, em sua formulação, adições essenciais para atender às características necessárias ao sistema de revestimento.

Pode sobrepor

As versões esmaltadas possuem alta resistência a ambientes úmidos, portanto, são indicadas para banheiros, cozinhas e áreas de serviço.

VINÍLICO

No caso da sobreposição de um piso vinílico sobre o cerâmico, há necessidade de nivelamento com uma massa especial que preencha toda a área de rejunte existente, para que essas marcas não se destaquem no novo revestimento. “O piso antigo deve estar totalmente limpo e nivelado, para garantir total aderência da argamassa e sobreposição segura do novo material”, explica Cristina Barbara. Porém, para quem visa ainda mais praticidade, já há no mercado opções do material que podem ser utilizadas por meio de encaixe, dispensando o uso de cola ou argamassa.

Indicação

Versáteis e resistentes, os pisos emborrachados já eram muito utilizados em ambientes comerciais, hospitais e escolas, por suportar tráfego intenso, mas cada vez mais se destacam nas residências, inclusive nas áreas sociais. Além de tudo, são econômicos e sustentáveis – já que são 100% recicláveis.

Pode sobrepor

Podem ser aplicados, ainda, sobre qualquer outro revestimento, desde que o piso anterior esteja em boas condições para garantir um resultado mais duradouro.

LAMINADO

Se o novo revestimento for um piso de madeira laminado, é necessário nivelar o piso anterior com uma manta específica, que além de igualar a superfície, serve para amortecer impactos e ruídos.

Indicação

O piso laminado já vem substituindo, há algum tempo, o tradicional carpete de madeira. Além de ser mais econômico e fácil de instalar, requer pouca manutenção e traz aconchego e sofisticação aos ambientes sociais.

Pode sobrepor

Pode ser aplicado sobre a maioria dos pisos existentes, tais como concreto, piso vinílico, chapa metálica, cerâmica, granilite etc.

PINTURA EPÓXI

Com diferentes cores e tipos de acabamento, essa tinta à base de água pode ser aplicada diretamente no taco, cerâmica, pisos de alvenaria e madeira. A grande vantagem está na impermeabilização da área e na facilidade de limpeza. Além de possuir baixo custo, oferece alta resistência à umidade e a produtos químicos.

Indicação

Pode revestir diversas superfícies, como taco, cerâmica, pisos de alvenaria e madeira.

Pode sobrepor

Tem alta resistência à umidade, por isso a tinta é muito bem-vinda em banheiros, lavabos, cozinhas e áreas de serviço.

Colaboraram para esta matéria

Cristina Barbara – Designer de interiores, sócia-diretora do escritório Barbara & Purchio Interior Design
Filipe Coletta – Membro do conselho da empresa Villagres, responsável pelos setores de fachadas ventiladas e pisos elevados.
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro