Seta Direita

Busca por Fornecedor ou ProdutoUtilize a barra de busca para procurar
o fornecedor ou produto que você deseja!

> > > Saiba o que diferencia os revestimentos de drywall colados e estruturados

Saiba o que diferencia os revestimentos de drywall colados e estruturados

Uso de chapas de gesso acartonado sobre paredes existentes amplia possibilidades na concepção de acabamentos internos

Texto: Gabriel Bonafé

O drywall, também conhecido como gesso acartonado, é um material de uso versátil na construção. Além de ser empregado como vedação interna, até mesmo em ambientes molháveis, a solução ainda pode ser utilizada como revestimento.

Nessa modalidade, o drywall proporciona acabamento às vedações, permite ocultar instalações, melhora o isolamento térmico e acústico e regulariza a superfície das paredes. A fixação pode ser feita de duas maneiras: por meio de colagem ou com estruturas embutidas.

revestimento-de-drywall
Parede existente recebendo revestimento de drywall estruturado (archideaphoto/ Shutterstock.com)

REVESTIMENTO COLADO

A fixação dos revestimentos de drywall nas paredes é feita com uma massa colante específica à base de gesso. Se desejar, o aplicador pode reforçar o trabalho com o uso de pregos. “O serviço deve ser bem executado para que com o tempo não descole”, observa Cris Paola, arquiteta titular do Studio Cris Paola. Caso a superfície apresente baixa aderência para a colagem, recomenda-se a execução prévia de chapisco rolado.

[O revestimento colado] é ideal para paredes com textura, cuja manutenção sai mais caro do que a aplicação da chapa de drywall por cima
Cris Paola

Nesse sistema, não é possível ocupar o espaço entre a parede e as placas de drywall. “[O revestimento colado] é destinado ao acabamento interno de alvenarias que não apresentam grandes variações superficiais”, conta a arquiteta Nayara Macedo, titular do escritório Nayara Macedo Arquitetura + Interiores. “É ideal para paredes com textura, cuja manutenção sai mais caro do que a aplicação da chapa de drywall por cima”, completa Paola.

REVESTIMENTO ESTRUTURADO

A execução do revestimento de drywall estruturado é feita com a instalação das chapas sobre perfis de aço previamente fixados nas paredes. O espaço entre o drywall e a parede pode ser aproveitado para colocação de diversas instalações, como elétricas, hidráulicas e de telecomunicações, ficando ocultas no projeto.

“O revestimento de drywall estruturado também permite atender a diferentes níveis de desempenho, exigências ou necessidades em termos mecânicos, acústicos e térmicos”, ressalta Macedo. Isso é feito com a inserção de outros elementos, como lã de rocha, que proporciona isolamento acústico ao projeto.

O revestimento de drywall estruturado também permite atender a diferentes níveis de desempenho, exigências ou necessidades em termos mecânicos, acústicos e térmicos
Nayara Macedo

Outra vantagem do revestimento estruturado é que as chapas de drywall podem ser curvas, apresentar recortes para instalação de luminárias, entre outros detalhes arquitetônicos. “Isso proporciona ampla liberdade a quem projeta”, afirma Macedo.

CUIDADOS COM O REVESTIMENTO

A execução do revestimento do drywall deve seguir uma série de etapas, se possível acompanhadas pelo engenheiro ou arquiteto responsável, como verificação do esquadro, fixação das guias e montantes, reforços necessários, entre outros detalhes de projeto. "Além disso, recomenda-se checar as instalações hidráulicas e elétricas, os isolantes e os reforços antes de fechar completamente as paredes", acrescenta Macedo.

TIPOS DE CHAPA

Existem três tipos de chapas de drywall, diferenciadas por sua cor, e destinadas para usos distintos. A verde deve ser empregada em áreas úmidas, como banheiros, pois conta com silicone e aditivos fungicidas aplicados na placa. Já a rosa é usada em arredores de lareiras e bancadas de cooktop, pois é mais resistente ao fogo devido à presença de fibra de vidro em sua composição. Por fim, as chapas brancas são mais básicas, amplamente empregadas em paredes de ambientes secos.

Saiba mais:
Forro de drywall é versátil e durável
Drywall e a Norma de Desempenho 15.575

Colaboração técnica

Nayara Macedo – Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 2004. Atua com projetos residenciais, comerciais e corporativos, além de participar de mostras de decoração. Seu estilo é marcado pela contemporaneidade e minimalismo.
Cris Paola – Atua como arquiteta no setor privado no estado de São Paulo há 27 anos e comanda o escritório Studio Cris Paola, que desenvolve projetos de arquitetura e de interiores nos segmentos corporativo e residencial.
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos do Portal AECweb.