O portal da Arquitetura,
Engenharia e Construção
Receba Boletins e Informativos. Saiba mais
Fechar


  • Home

  • Seta CimaFornecedores
  • Seta CimaProdutos
  • Seta CimaArquitetura
  • Seta CimaEquipamentos
  • Seta CimaRevista Digital
  • Seta CimaWeb Seminários
  • Seta CimaConexão AEC
  • Seta CimaBlog
Seta Direita

Busca por Fornecedor ou ProdutoUtilize a barra de busca para procurar
o fornecedor ou produto que você deseja!

> > > Brasil e Portugal criam sistema de informações sobre engenheiros

Brasil e Portugal criam sistema de informações sobre engenheiros

Para facilitar o intercâmbio profissional entre os dois países, conselhos de engenharia vão compartilhar dados sobre a experiência técnica de seus membros

Texto: Nathalia Lopes

Para facilitar o intercâmbio profissional entre os dois países, conselhos de engenharia vão compartilhar dados sobre a experiência técnica de seus membros


Conselhos profissionais dos dois países mantêm um acordo de reciprocidade de registro profissional desde 2015 (crédito: ruskpp/Shutterstock)

14/06/2017 | 11:30 – Os conselhos de engenharia do Brasil e de Portugal vão desenvolver um sistema de troca de informações sobre a experiência profissional de seus afiliados. A previsão é de que o processo esteja disponível até o final deste ano.

O anúncio foi feito pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), que mantém desde 2015 um Termo de Reciprocidade de Registro Profissional com a Ordem dos Engenheiros de Portugal (OEP). O acordo, em vigor até o final de 2018, torna mais fácil o intercâmbio profissional para os cidadãos dos dois países.

O acordo de mobilidade se aplica aos engenheiros formados que tenham frequentado um curso de graduação com carga horária mínima de 3600 horas no Brasil ou com cinco anos de estudos em Portugal.

Os engenheiros brasileiros que tenham interesse em exercer a profissão em Portugal devem apresentar ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) os documentos exigidos pela entidade junto com o formulário de requerimento.

Atualmente, o Confea participa das discussões da Federação das Associações de Engenheiros de Língua Portuguesa (Faelp) para a criação de um termo de reciprocidade profissional mais abrangente, compreendendo todos os países-membros da entidade internacional.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos do Portal AECweb.

+55 (11) 3879-7777

Fale conosco