• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Projeto do Rio São Francisco terá leilão de energia renovável

Projeto do Rio São Francisco terá leilão de energia renovável

Iniciativa visa tornar sustentável a operação e manutenção do empreendimento. Certame deve ocorrer no terceiro trimestre de 2020 e gerar investimentos de R$ 15 bilhões

Texto: Yuri Soares

Iniciativa visa tornar sustentável a operação e manutenção do empreendimento. Certame deve ocorrer no terceiro trimestre de 2020 e gerar investimentos de R$ 15 bilhões


Projeto do São Francisco possui 477 quilômetros de alcance e visa garantir a segurança hídrica a 12 milhões de pessoas nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba (Créditos: divulgação/ Governo do Brasil)

13/08/2019 | 09:00 - Os ministérios do Desenvolvimento Regional (MDR) e de Minas e Energia (MME) irão atuar em parceria para organizar o leilão de geração de energia renovável do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

A iniciativa, que visa tornar sustentável a operação e a manutenção do empreendimento, deverá elevar o potencial energético resultante da infraestrutura do empreendimento – estimado em 3,5 gigawatts (GW) – e garantir recursos, na ordem de R$ 300 milhões por ano, para o bombeamento das águas nos eixos Norte e Leste. O certame é previsto para acontecer no terceiro trimestre de 2020 e deve gerar investimentos de R$ 15 bilhões.

O anúncio da medida foi feito na última semana durante a inauguração da primeira etapa da Usina Solar Flutuante instalada no Reservatório de Sobradinho, na Bahia. Além disso, o Governo Federal, por meio de Decreto, incluiu o Projeto São Francisco no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Casa Civil da Presidência da República.

“O decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro demonstra a importância estratégica do Projeto São Francisco. Hoje a obra foi qualificada como prioridade do Programa de Parcerias de Investimentos”, destacou Canuto.

O Projeto do São Francisco possui 477 quilômetros de alcance e tem por objetivo garantir a segurança hídrica a 12 milhões de pessoas em 390 municípios nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba, que sofrem com a seca frequente.

Leia também:

FI-FGTS irá abrir edital para financiar projetos de infraestrutura

Programa do Governo visa ampliar capital privado em infraestrutura

Avançar Cidades contempla obras de mobilidade urbana em 21 municípios

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro