• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Valor de imóveis residenciais aumenta 0,14% em abril, diz FipeZap

Valor de imóveis residenciais aumenta 0,14% em abril, diz FipeZap

Preço médio no país foi de R$ 7.187/m² no quarto mês de 2019. Na análise dos últimos 12 meses, o preço médio acumulado de imóveis residenciais teve alta nominal de 0,26%

Texto: Yuri Soares

Preço médio no país foi de R$ 7.187/m² no quarto mês de 2019. Na análise dos últimos 12 meses, o preço médio acumulado de imóveis residenciais teve alta nominal de 0,26%


Entre as 16 capitais monitoradas pelo índice, Goiânia apresentou o maior aumento nominal de preço em 12 meses: +5,16% (Créditos: Fernando Branco - AeroCam/ Shutterstock)

14/05/2019 | 08:42 - O Índice FipeZap de Vendas Residenciais, que acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 50 cidades brasileiras, apurou que o valor médio de venda de imóveis residenciais em abril foi de R$ 7.187/m², o que representa um leve aumento em comparação ao mês anterior (0,14%). Entre as 16 capitais que abrangem o índice, Brasília registrou a maior elevação de preço (+2%) no mês, enquanto Curitiba teve o maior recuo (-1,25%).

Nos primeiros quatro meses do ano, o valor de venda cresceu 0,38%. Considerando a inflação acumulada no período (+2,12%) pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), houve uma queda real de 1,70%.

Na análise dos últimos 12 meses, o preço médio acumulado de imóveis residenciais teve alta nominal de 0,26%. Goiânia foi a capital que apresentou o maior aumento nominal de preço em 12 meses (+5,16%), sendo, inclusive, a única a superar a inflação registrada pelo IPCA neste período. O destaque negativo permanece com Maceió, que registrou a maior queda de preços (-3,18%).

Ainda, conforme a pesquisa, em abril, a cidade do Rio de Janeiro se manteve com o metro quadrado mais caro do País (R$ 9.476). Em segundo lugar está São Paulo (R$ 8.899), seguida de Brasília (R$ 7.312). Os municípios com o menor valor médio de venda foram Campo Grande (R$ 4.082), Goiânia (R$ 4.300) e João Pessoa (R$ 4.464).

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro