• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Valor médio de aluguel cresce 0,41 em janeiro, diz FipeZap

Valor médio de aluguel cresce 0,41 em janeiro, diz FipeZap

Índice acompanha o preço médio locatício em 25 cidades brasileiras, sendo 11 capitais. No acumulado de 12 meses, preço subiu 2,39%

Texto: Yuri Soares

Índice acompanha o preço médio locatício em 25 cidades brasileiras, sendo 11 capitais. No acumulado de 12 meses, preço subiu 2,39%


Entre as capitais monitoradas, Brasília apresentou o maior aumento nominal de preço em 12 meses (+6,92%), superando, juntamente com Recife, a inflação registrada no período (Créditos: vitormarigo/ Shutterstock)

28/02/2019 | 16:12 - O preço médio do aluguel de imóveis residenciais no Brasil aumentou 0,41% no mês de janeiro, ficando acima do valor registrado em dezembro (0,38%). Nos últimos 12 meses, o valor subiu 2,39%. Os dados constam do Índice FipeZap de Locação Residencial, que passou a acompanhar, em janeiro, o preço médio locatício em 25 cidades brasileiras, sendo 11 capitais.

Segundo a pesquisa, considerando a inflação acumulada dos últimos 12 meses (3,72%) pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), o valor dos imóveis teve variação negativa de 1,28%.

Entre as capitais monitoradas, Brasília apresentou o maior aumento nominal de preço em 12 meses (+6,92%), superando, juntamente com Recife, a inflação registrada no período. Os destaques negativos ficaram por conta do Rio de Janeiro e Fortaleza, que tiveram as maiores quedas de preços, com 3,09% e 1,49%, respectivamente.

O levantamento registrou ainda que, em janeiro, o valor médio de locação foi de R$ 28,08/m². A cidade de São Paulo permaneceu com o metro quadrado mais caro entre as capitais (R$ 37,02). Em segundo lugar está Rio de Janeiro (R$ 30,21), seguida de Brasília (R$ 28,07). Os municípios com menores valores de venda foram Fortaleza (R $ 15,67), Goiânia (R$ 16,24) e Curitiba (R$ 18,07).

Para ver na íntegra o Índice FipeZap de Locação Residencial, clique aqui.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro