• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Vendas residenciais mantêm estabilidade em julho, diz Fipezap

Vendas residenciais mantêm estabilidade em julho, diz Fipezap

Valor médio de venda de imóveis residenciais foi de R$ 7.179/m², ligeira queda face a junho, com variação de -0,03%. Nos últimos 12 meses, o valor teve alta nominal de 0,28%

Texto: Yuri Soares

Valor médio de venda de imóveis residenciais foi de R$ 7.179/m², ligeira queda face a junho, com variação de -0,03%. Nos últimos 12 meses, o valor teve alta nominal de 0,28%


Considerando as 16 capitais monitoradas, Vitória apresentou o maior aumento nominal de preço em 12 meses (Créditos: Jaime Martins/ Shutterstock)

09/08/2019 | 09:25 - De acordo com o Índice FipeZap de Vendas Residenciais, que acompanha o preço médio do metro quadrado de apartamentos prontos em 50 cidades brasileiras, o valor médio de venda de imóveis residenciais em julho foi de R$ 7.179/m², uma ligeira queda face a junho, com variação de -0,03%. Nos últimos 12 meses, o valor teve alta nominal de 0,28%.

No acumulado do ano, o preço médio de venda subiu 0,26%. Considerando a inflação acumulada no período (2,46%) pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA/IBGE), houve uma queda real de 2,15% em sete meses deste ano.

Considerando as 16 capitais monitoradas, Vitória apresentou o maior aumento nominal de preço em 12 meses (+3,61%), enquanto João Pessoa se manteve como a capital com maior recuo no preço médio nos 12 meses encerrados em maio (-3,16%), seguida por Campo Grande (-2,97%) e Fortaleza (-2,39%).

A pesquisa apurou ainda que, em julho, a cidade do Rio de Janeiro permaneceu com o metro quadrado mais caro do País (R$ 9.398). Em segundo lugar está São Paulo (R$ 8.952), seguida de Brasília (R$ 7.268). Os municípios com o menor valor médio de venda foram Campo Grande (R$ 4.102), Goiânia (R$ 4.247) e João Pessoa (R$ 4.492).

Leia também:

Valor de imóveis comerciais mantém estabilidade em junho, diz Fipezap

MDR altera diretrizes de crédito a faixas do Minha Casa, Minha Vida

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro