Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Autobetoneiras conciliam produtividade a reaproveitamento em obras urbanas

Maxter

Autobetoneiras conciliam produtividade a reaproveitamento em obras urbanas

Secretaria de Serviços Públicos de Jundiaí utiliza modelo 2,5 TT da fabricante italiana Carmix

Em tempos de obras focadas cada vez mais em ações sustentáveis, a indústria de autobetoneiras está sempre revendo as necessidades e demandas de um mercado que procura tecnologias eficazes tanto para a produtividade quanto para a conservação do meio ambiente.

É desta forma que os equipamentos da CARMIX, reconhecidos pela versatilidade de aplicação e eficiência produtiva, estão abrindo frentes para contribuir com a reciclagem de entulhos para produzir concreto.

A fim de aproveitar a qualidade desses equipamentos, a equipe da Secretaria de Serviços Públicos de Jundiaí, liderada por Aguinaldo Leite, escolheu a autobetoneira modelo 2,5 TT da CARMIX para a execução de obras de pequeno porte, especialmente as relacionadas à conservação da cidade.

Desafio

Para este caso específico, a matriz da ação é o reaproveitamento de entulho, tijolos, telhas para a produção de materiais de construção alternativos a custos mais baixos para obras públicas, como calçamentos e construção de casas populares.

O grande desafio é transformar restos de obras em um pó granulado que, misturado com água e cimento, pode ser utilizado na confecção de blocos pré-moldados de alvenaria, argamassas e sub-base de pavimentação de calçadas, praças e fachadas em toda a cidade de Jundiaí.

“O procedimento foi adotado nas obras do condomínio de luxo Quinta das Baronesas em Bragança Paulista e serviu para ter uma ideia da eficiência e aplicação deste equipamento neste tipo de obra, principalmente quando o assunto é reciclagem de concreto”, ressalta o gerente de implementos da Maxter, Sergio Roberto Mikalauskas.

Solução

O procedimento foi adotado nas obras do condomínio de luxo Quinta das Baronesas em Bragança Paulista e serviu para ter uma ideia da eficiência e aplicação deste equipamento neste tipo de obra, principalmente quando o assunto é reciclagem de concreto

A utilização de autobetoneiras somada à implantação de Usinas de Reciclagem permite a eliminação de pontos clandestinos de descarte em terrenos baldios, ao longo das margens dos rios e nas ruas periféricas, causando enchentes, poluição ambiental, proliferação de vetores de doenças, trazendo como consequência um enorme custo social e ambiental.

Descrição do Produto

Devido à mobilidade, tamanho compacto e tração 4x4, as autobetoneiras CARMIX são adequadas para trabalhar em construções imobiliárias, industriais, hotéis e resorts, projetos residenciais de baixo custo, manutenção de estrada e rodovias, túneis, e áreas remotas de difícil acesso. Este equipamento é caracterizado por ser “self independent mobile batching plant”, isto é, autocarrega (e pesa) todos os materiais (incluindo água), mistura e produz concreto em 4 ciclos/hora.

Ficha TÉCNICA - Autobetoneira carmix 2.5tt
Volume Geométrico: 3450 l
Volume real por betonada: 2,5 m³
Produtividade: 4 ciclos/hora
Transmissão hidrostática Bosch Rexroth 4 x 4 x 4
Motor Perkins Turbo diesel 1104 D-44T, refrigerado por água, 84 HP
Descarga: 300° permitindo descarregar até 1,9 metros de altura nos 4 lados da máquina
Cabine dianteira ROPS/FOPS, porta com janela e dupla abertura
Direção nas 4 rodas e tração integral 4 x 4
Sistema de pesagem eletrônico de carga “Load Cells” localizado abaixo do grupo betoneira com impressora na cabine (opcional)
Clique para obter catálogo e outras informações deste produto Veja mais produtos deste fornecedor disponíveis no Portal dos Equipamentos

Veja também outros destaques da Maxterno Portal AECweb

Complete seu cadastro