Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Balanço Sucessivo CVS agiliza obras sobre o Rio Pinheiros, em SP

ULMA Construction

Balanço Sucessivo CVS agiliza obras sobre o Rio Pinheiros, em SP

A tecnologia da ULMA é utilizada na construção de duas pontes que irão desafogar trânsito na região


Quem percorre as imediações da Marginal Pinheiros e as avenidas Chucri Zaidan e João Dias, na zona sul de São Paulo, se depara com um trânsito intenso todos os dias. Para aliviar esse problema, estão sendo construídas duas novas pontes sobre o Rio Pinheiros – uma na altura da Rua Laguna terá sentido único com 360 metros de extensão, ciclovia e passarela para pedestres. A outra, também com sentido único, terá 340 metros e vai ligar a avenida Doutor Chucri Zaidan à Rua Itapaiúna, do outro lado do Rio Pinheiros.

O projeto faz parte da Operação Urbana Água Espraiada, que prevê uma série de obras viárias, ambientais e sociais na região. Entre elas está o prolongamento da Av. Chucri Zaidan em 3.250 metros até a Av. João Dias, incluindo 2.600 metros de alargamento em nível e 880 metros de vias subterrâneas em túnel, com quatro faixas de rolamento em cada sentido.

De acordo com o engenheiro Paulo Oliveira, gerente operacional da Odebrecht Infraestrutura, essa obra vai desafogar o tráfego intenso de veículos na região do Morumbi e Paraisópolis, possibilitando o escoamento por esse novo eixo viário.

Desafio

Entre os principais desafios da obra, além da existência do rio, estão a baixa qualidade do solo, o trânsito intenso na região e a grande restrição do espaço para execução.

“Precisaríamos implementar dois pilares centrais e por conta disso seria necessário utilizar uma frota fluvial com balsas, guindastes, martelos, entre outras estruturas que dariam maior sequência operacional ao projeto, o que não era viável”, explica o engenheiro.

Solução

A Odebrecht Infraestrutura optou por utilizar o sistema de Balanço Sucessivo CVS da ULMA Construction, evitando escoramentos e agressões ambientais no rio. Entre as vantagens dessa tecnologia está principalmente a rapidez possibilitada pelo sistema hidráulico de movimentação, aumentando a economia da obra, além de não agredir o meio ambiente. Também estão sendo utilizadas diversas soluções de escoramento em razão da baixa qualidade do solo, do rio abaixo das obras, das pistas da Marginal Pinheiros e da restrição de espaço.

“Estamos conseguindo obter cerca de 30% de economia devido à rapidez proporcionada pelo sistema hidráulico do Balanço Sucessivo CVS, além do sistema de fôrmas da ULMA que é bem ágil”, informa Paulo Oliveira.

Outras tecnologias da ULMA são utilizadas nessa obra, como o sistema MK que é usado como torre de escoramento e treliça, proporcionando diversas soluções de fôrmas e escoramentos. Devido ao solo ruim, foi necessário criar blocos de fundação com estacas cravadas, exatamente na posição onde ficam as linhas de Torre MK que recebem as Treliças MK. A ULMA enviou previamente à Odebrecht todas as cargas em todos os postes MK, para que a obra dimensionasse as estacas e os blocos. Feito isso, o trabalho foi de pré-montagem das torres e treliças e seus respectivos posicionamentos.

PRODUTOS

Balanço Sucessivo CVS: o mais moderno sistema de Balanço Sucessivo para aduelas moldadas in loco, tanto para pontes retas ou em arco, adapta-se facilmente aos diversos tipos de Fôrma da ULMA. Seu sistema é formado por vigas especiais e componentes do Sistema MK. O grande diferencial está no fato de ser extremamente leve e fácil de montar, além de contar com um exclusivo sistema hidráulico de movimentação, que agiliza o manuseio e a movimentação do equipamento para novas áreas de utilização.

Sistema MK: polivalente e composto somente por elementos padrão, o Sistema MK foi desenvolvido para se adaptar a diversas aplicações que necessitem de grande capacidade de carga, mais comuns em construção pesada, ou em qualquer outro tipo de construção. A grande vantagem deste produto é a sua versatilidade, já que permite configurações como: treliças, carros para pontes, carros para túneis e paredes, escoramento para suporte de fôrmas e outras estruturas, fôrmas para lajes e paredes, consoles trepantes, suporte de fôrma monoface, protetor de fachada, estabilizador de fachada e outras configurações personalizadas.

Enkoform HMK: produto concebido para a realização de estruturas de grande capacidade de carga, habitualmente destinadas a aplicações no campo da Construção Pesada. É formada por uma série de vigas unidas entre si, que servem para configurar diferentes estruturas para o suporte de grandes cargas.


Escoras de Alumínio Aluprop: são especialmente desenvolvidas para escoramentos de fôrmas horizontais, com grandes pés direitos e que necessitem de maior agilidade de montagem. Duráveis e extremamente leves, facilitam a montagem e podem ser utilizadas como torres conjugadas. Também é possível movimentá-las por meio de grua ou Carros VR, sem a necessidade de desmontagem para a nova área de apoio.

Fôrma Portátil Comainsistema portátil leve que pode ser manuseado por um único operário, o que possibilita sua utilização sem necessidade do uso de grua. O sistema permite executar estruturas verticais, desde pequenas superfícies até grandes áreas: paredes, fundações, paredes monoface, cantos de viga, enchimento de lajes, vigas, pilares etc. Dispõe de diferentes painéis, capazes de atender todo tipo de geometria. O sistema suporta pressão de concreto de 40 kN/m².

Andaime Multidirecional BrioO Andaime Multidirecional BRIO da ULMA oferece ao mercado um sistema de encaixe simples com quantidade reduzida de peças. Essas características permitem que a montagem seja rápida e segura, não necessitando de nenhuma ferramenta especial. Atende a diversas estruturas, entre elas: andaimes pendurados em arcos ou pontes, torres móveis, fachadas e interiores de geometria irregulares e de plantas circulares, passarelas, entre outras.

Fôrma de Pilares Circulares CLR: moldes metálicos constituídos por dois painéis em forma de meia-lua, que ao serem unidos através de chavetas, formam o molde circular. Ele suporta pressões de concreto até 80 kN/m² e apresenta uma gama de painéis nas alturas: 0,5 m, 1 m e 2 m. Oferece ampla gama de diâmetros para solucionar grande quantidade de pilares circulares.

Cimbre T-60sistema de cimbramento concebido para suportar cargas verticais de até 6 toneladas por poste, com torres isoladas ou conjugadas. Com um número reduzido de peças, ele torna a montagem simples, prática e segura. Seu sistema de encaixe permite ainda que as torres sejam movimentadas com o auxílio de grua ou com a utilização do Carro VR (Mesa Voadora).

Descrição da Obra
Consórcio responsável: Odebrecht Infraestrutura
Local da obra: São Paulo (SP)
Data da obra: 2015
Produtos: Balanço Sucessivo CVS; Sistema MK; Enkoform HMK; Escoras de Alumínio Aluprop; Fôrma Portátil Comain; Andaime Multidirecional Brio, Fôrma de Pilares Circulares CLR; Cimbre T-60.
Clique para obter catálogo e outras informações deste produto Veja mais produtos deste fornecedor disponíveis no Portal dos Equipamentos

Veja também outros destaques da ULMA Constructionno Portal AECweb

Complete seu cadastro