• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Fôrmas para laje nervurada reduzem consumo de concreto em ampliação de hospital

Atex do Brasil

Atex do Brasil - Atex do Brasil Locação de Equipamentos Ltda.

Atex do Brasil

Atex do Brasil Locação de Equipamentos Ltda.

Fabricante
Rua Olympio de Carvalho, 83CentroLagoa Santa-MG-Brasil
Telefone:0800 979 3611
Empresa associada à:
  • ABECE - Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural

Fôrmas para laje nervurada reduzem consumo de concreto em ampliação de hospital

Solução da ATEX aplicada na obra da Unidade Morumbi do Hospital Albert Einstein mantém execução racional e produtiva.



Estudo de caso: Hospital Israelita Albert Einstein / Unidade Morumbi (SP).

Fôrmas para laje nervurada reduzem consumo de concreto em ampliação de hospital

Proprietário da obra: Hospital Israelita Albert Einstein.
Contratante: HOCHTIEF DO BRASIL.
Local da obra: Unidade Morumbi do Hospital Israelita Albert Einstein (SP).
Data da obra: Utilização das fôrmas: Início Maio/2010 previsão de termino Abril/2011.
Fornecedor: ATEX do Brasil.
Nome dos Produtos: Fôrmas de polipropileno para laje nervurada ATEX.

DESCRIÇÃO DO LOCAL

Em reforma desde o ano de 2006, a Unidade Morumbi do Hospital Israelita Albert Einstein contempla uma área construída de 67 mil m². É um moderno complexo hospitalar, composto por consultórios, apartamentos para internação e 20 salas cirúrgicas, integrado às edificações existentes por meio de passarelas aéreas. Para as obras em andamento, a área de engenharia buscou uma metodologia específica para que os pacientes não sejam incomodados, incluindo dispositivos antirruído e horários especiais para execução dos trabalhos.

DESAFIO

O projeto inicial previa a construção do hospital a partir de estruturas moldadas “in loco” em lajes planas maciças com capitéis junto aos pilares. Para acompanhar o processo de rapidez na execução, baixo custo e pouca mão de obra no local da obra, exigia-se uma solução que diminuísse o elevado consumo de concreto nas lajes. “Inicialmente tínhamos uma laje plana maciça que empregava um volume muito grande de concreto. Dessa forma, precisávamos estudar alternativas para que a estrutura ficasse mais econômica, com o menor consumo de concreto, mantendo assim a execução da obra de forma racional e produtiva”, diz o engenheiro Virgílio Ramos, calculista e proprietário da CEC Cia de Engenharia Civil Ltda, empresa que realizou o projeto estrutural.

Fôrmas para laje nervurada reduzem consumo de concreto em ampliação de hospital

SOLUÇÃO

De acordo com o profissional, a estrutura utilizou-se de lajes planas nervuradas que aumentaram o pé direito do empreendimento na região dos capitéis. Elas receberam as Fôrmas de polipropileno da ATEX, escolhidas pelo fato de apresentarem várias dimensões e alturas, atendendo desde vãos menores até os de maior envergadura definidos pelo projeto. De fácil montagem e desmontagem, as fôrmas foram apoiadas diretamente sobre o escoramento, proporcionando uma laje com ótima estética e acústica. Entre outras vantagens, foi possível simplificar as armaduras e obter uma estrutura segura, sem quaisquer riscos de corrosão precoce.

“Com as fôrmas da ATEX, não houve qualquer dificuldade de execução. Pelas características do produto, conseguimos reduzir a quantidade de armaduras  e o volume de concreto, além de diminuir o desperdício de madeira pelas diversas reutilizações. O emprego de mão de obra foi bem menor se comparado ao que teríamos na execução de uma laje convencional”, relata Virgílio, que afirma já ter projetado mais de 1,5 milhão de metros quadrados de fôrmas ATEX nos diferentes projetos da CEC Cia Engenharia Civil.

O engenheiro também destaca o serviço oferecido pela ATEX na obra, dziendo que "a empresa realizou um treinamento com todos os profissionais envolvidos na construção, conforme informações da HOCHTIEF (empresa que contratou os serviços), a fim de que pudessem executar as fôrmas de maneira adequada".

DESCRIÇÃO DO PRODUTO



Comercializada a base de locação, as Fôrmas de polipropileno ATEX estão disponíveis em mais de 52 modelos com diferentes medidas. Os produtos são autoportantes e dispensam a utilização de compensados de madeira. Isto reduz fortemente o emprego de madeira no canteiro de obras, deixando-o muito mais limpo e produtivo. Depois que o concreto endurece, a fôrma é removida e possibilita o reaproveitamento, sem desgaste e com grande produtividade Os produtos se adaptam à maioria dos projetos.

Clique para obter catálogo e outras informações deste produto.

Veja mais produtos da ATEX disponíveis no Canal de Especificação Online.

Veja também outros destaques da Atex do Brasilno Portal AECweb

Complete seu cadastro