• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Impermeabilizantes aplicados em obras não alteram a potabilidade da água

Viapol

Impermeabilizantes aplicados em obras não alteram a potabilidade da água

Estações de Tratamento de Água do Amazonas e reservatórios de água potável do Distrito Federal ganham excelente custo-benefício e agilidade com produtos da Viapol.

Estações de Tratamento de Água do Amazonas e reservatórios de água potável do Distrito Federal ganham excelente custo-benefício e agilidade com produtos da Viapol.

Estudo de Caso: Estação de Tratamento de Água (ETAs) no Amazonas e reservatórios no Distrito Federal.

Impermeabilizantes aplicados em obras não alteram a potabilidade da água

Proprietários das obras: Águas do Amazonas (Grupo Solvi) / CAESB.
Contratantes: Não divulgados.
Áreas impermeabilizadas: 32.000 m² no Amazonas / 64.000 m² em Brasília e 3.000 m² em Sobradinho.
Local das obras: Manaus (AM) e Distrito Federal (DF).
Data da obra: 2010.
Fornecedor dos produtos de impermeabilização: Viapol.
Nome dos produtos: Viaplus 1000, Viaplus 5000, Primer Viabit e manta asfáltica Todorodin 4 mm – Tipo III-B.

DESCRIÇÃO DO LOCAL

Estações de Tratamento de Água do Amazonas e reservatórios de água potável do Distrito Federal.

DESAFIO

Impermeabilizar as estruturas de concreto novas e antigas da ETA e dos reservatórios de água potável. Cada uma exigia sistemas distintos, baseados na preparação correta do substrato, na especificação adequada dos produtos e na utilização de mão de obra treinada. Os serviços deveriam atender às diretrizes da norma ABNT NBR 9574:2007 – Execução de impermeabilização. Além disso, a potabilidade da água não poderia ser alterada ao entrar em contato com os produtos impermeabilizantes.

Impermeabilizantes aplicados em obras não alteram a potabilidade da água

SOLUÇÃO

A ETA de Manaus (AM) passou por um processo de impermeabilização moldado ‘in loco’. Os serviços executados incluíram a limpeza e a recuperação de áreas localizadas na estrutura antiga de concreto dos reservatórios. Neste caso, o Viaplus 1000 – impermeabilizante de cimento modificado – funcionou como um fundo preparador de substrato. Em seguida, os reservatórios novos receberam o Viaplus 5000 – membrana de polímero modificado com cimento que formou uma membrana flexível e estruturada com uma tela de poliéster.

O processo ‘in loco’ a frio e totalmente aderido ao substrato ofereceu a melhor relação custo-benefício, com impacto considerável da logística de transporte de produtos.

No Distrito Federal, em Brasília e em Sobradinho foram aplicadas soluções de impermeabilização usando mantas asfálticas pré-fabricadas nos reservatórios que foram divididos em duas células, o que permitiu uma interdição parcial.

Foi efetuada a limpeza da estrutura, recuperação localizada de falhas e aplicação de pintura de imprimação Viabit. Em seguida, a manta asfáltica Torodin – Tipo III-B – foi aplicada nos reservatórios e tanques. O produto foi utilizado nas lajes de fundo e nas paredes, colado com maçarico a gás GLP.  Após a colagem com maçarico, a fixação nas paredes ocorreu de forma mecânica, a cada dois metros de altura e a cada meio metro no sentido do perímetro das estruturas.

DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS

Viaplus 1000: Revestimento impermeabilizante, semiflexível e bicomponente (A+B). É desenvolvido com cimentos especiais, aditivos minerais e polímeros com excelentes características impermeabilizantes. Tem ótima aderência e resistência mecânica. É testado sob os mais rigorosos controles de qualidade, sendo o único que resiste a até 60 m.c.a.- metros de coluna d’água.

Viaplus 5000: Impermeabilizante produzido com resinas termoplásticas e cimentos aditivados. Esta composição resulta em uma membrana de polímero modificado, com cimento de ótima resistência.

Viabit: Pintura de imprimação composta de asfaltos modificados, plastificantes e solventes orgânicos. Ideal para aplicação a frio sobre superfícies de concreto, argamassa, alvenaria, metal, PVC e fibra de vidro.

Torodin – Tipo III-B: Manta asfáltica produzida a partir da modificação física do asfalto com polímeros (plastoméricos PL / elastoméricos EL). É estruturada com não-tecido de filamentos contínuos de poliéster previamente estabilizado. Está disponível nas espessuras de 3, 4 e 5 mm.


Clique para obter catálogo e outras informações do Viaplus 1000.

Clique para obter catálogo e outras informações do Viaplus 5000.

Clique para obter catálogo e outras informações do Viabit.

Clique para obter catálogo e outras informações do Torodin – Tipo III-B.

Veja mais produtos da Viapol disponíveis no Canal de Especificação Online.

Veja também outros destaques da Viapolno Portal AECweb

Complete seu cadastro