• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Sistema Wire Saw otimiza remoção de viga na obra do monotrilho

FURACON

FURACON

Furacon Sistemas de Cortes e Perfurações em Concreto LTDA - EPP

Serviços
Rua Pedro Jose Lorenzini, 156CentroSão Caetano do Sul-SP-Brasil
Telefone:(11) 4224-4697

Sistema Wire Saw otimiza remoção de viga na obra do monotrilho

Após 20 horas ininterruptas, a viga foi demolida por meio de cortes com fios diamantados e removida do local

Redação PE

O monotrilho representa um marco no planejamento estrutural da cidade de São Paulo. A Linha 17-Ouro ligará o aeroporto de Congonhas à estação Morumbi, da Linha 9-Esmeralda da CPTM, num trecho de quase oito quilômetros.

A obra foi incorporada ao Plano de Expansão Metropolitano com a função fundamental de ser articuladora das linhas do Metrô, CPTM e dos corredores de ônibus. Ao todo, serão quase 18 km de extensão ligando o aeroporto de Congonhas às linhas 1-Azul, 5-Lilás, 9-Esmeralda e 4-Amarela.

Porém, na tarde do dia 9 de Junho de 2014, uma viga caiu no cruzamento da Avenida Washington Luís com a Rua Vieira de Moraes. O acidente causou o falecimento de um operário que trabalhava em cima da mesma no momento da queda. O consórcio que administra a obra precisava de uma solução rápida e imediata para retirar a viga do local e liberar o trânsito da via.

Desafio

A Furacon, empresa especializada em sistema de cortes e perfurações de concreto, foi chamada horas depois da queda e imediatamente propôs que a viga fosse demolida por meio de cortes com fios diamantados. O peso total da viga era de 90 toneladas e precisava ser dividida em várias partes para facilitar sua remoção. Foram necessárias 20 horas de trabalhos ininterruptos.

“A pressão para retirada da viga era grande pois estava impedindo o trânsito local”, diz o engenheiro Alberto Do Nascimento, diretor técnico da Furacon.

Além de atender prontamente a urgência, a empresa foi capaz de propor uma solução e metodologia adequada imediata, poder de mobilização e contar com mão de obra altamente especializada para que a execução fosse bem sucedida. “Apesar da tristeza em relação ao ocorrido, com certeza foi mais um desafio que conseguimos vencer e que ficará marcado em nossa trajetória de 20 anos de mercado”, completa.

Solução

“Desenvolvemos uma metodologia de cortes através do Sistema Wire Saw que utiliza fios diamantados. Trata-se de um sistema operado a distância, para cortar a viga com 1,60 x 0,80 metros de espessura o sistema de cortes com fios”, reforça Nascimento.

O equipamento permite a realização de trabalhos rápidos, sem a geração de poeira, remoção de peças grandes e a preservação das estruturas remanescentes – por não causar vibração. Os cortes são executados em lajes, vigas, paredes, escadas, bases e pilares em concreto armado.

O grande diferencial de trabalho do Wire Saw é a capacidade de cortar grandes espessuras de concreto sem ruído e vibração, o que proporciona muito mais segurança para a obra e para os operadores. O equipamento funciona com polias, e dessa maneira, pode adaptar-se de qualquer estrutura a ser cortada.

Fotos: Furacon

Veja também outros destaques da FURACONno Portal AECweb

Complete seu cadastro