• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Telha com aparência de cobre patinado foi solução para condomínio neoclássico

N. Didini

Telha com aparência de cobre patinado foi solução para condomínio neoclássico

Com aparência de cobre patinado, a telha foi a cobertura ideal para condomínio neoclássico

Estudo de Caso: Telha L-27 no acabamento Revzinc / Condomínio Verti

A telha L-27, desenvolvida pela N.Didini, foi a solução estética e econômica para o Condomínio Verti, de altíssimo padrão em estilo neoclássico francês.

Telha com aparência de cobre patinado foi solução para condomínio neoclássico

Proprietário da obra: Eztec
Contratante:
Eztec
Local da obra:
Avenida IV Centenário – Ibirapuera (SP)
Data da obra:
Janeiro de 2009 a outubro de 2009
Fornecedor: N.Didini Engenharia & Construção Ltda
Nome do Produto:
Telha L-27 no acabamento Revzinc

DESCRIÇÃO DO LOCAL

O Condomínio Verti está localizado no Ibirapuera, bairro nobre de São Paulo, estritamente residencial. A cor da telha, verde cobre patinado, ‘conversa’ com o verde das árvores do entorno, criando interessante efeito estético.

DESAFIO
Autor do projeto do Condomínio Verti, o arquiteto Octávio de Siqueira, do escritório OS Arquitetura, relata que a dificuldade na especificação foi encontrar, num país sem tradição no neoclássico francês, um telhado que combinasse com a casa e estivesse dentro do padrão pretendido, ou seja AA. Além disso, há a questão do preço. “No Brasil, o cobre atinge preços elevados. E o que é pior, por ter seu valor atrelado ao dólar é arriscado especificá-lo hoje e fechar a compra após uns 20 meses. Não há como garantir o preço para que fique dentro do orçamento”, ressalta. O arquiteto descartava opções como as telhas asfáticas do tipo ‘single, por questões de custos e estéticas. E relata que outro projeto de seu escritório, o  condomínio Maison du Parc, construído na mesma avenida, utiliza as telhas de cobre.

Telha com aparência de cobre patinado foi solução para condomínio neoclássico
Construído na mesma avenida do Verti, o Condomínio Maison du Parc também utiliza as telhas L-27 no acabamento de cobre patinado.

SOLUÇÃO

Conforme relata Octávio de Siqueira, “a solução foi encontrada em parceria com a N.Didini, empresa que executou o telhado do Maison du Parc e realizou obras de porte como o restauro da cobertura da Catedral da Sé, de altíssimo gabarito”. A N.Didini desenvolveu uma telha metálica denominada L-27 com acabamento Revzinc, que tem a aparência e a durabilidade do cobre patinado (esverdeado), com um preço estável e bem competitivo. Essa telha, segundo ele, pode ser utilizada da mesma forma que o cobre, em telhado arredondado, por exemplo. E com a mesma estrutura empregada para as telhas de cobre, garantindo um telhado de qualidade e, praticamente, com o mesmo desempenho.

“Um fator interessante é que a poluição de São Paulo ajuda muito no visual, pois, com o passar do tempo o telhado vai se tornando muito mais parecido com o cobre, criando aquela sensação de pátina esverdeada. Na minha opinião, o mais importante nesse tipo de estilo, o neoclássico, é que tenha uma aparência autêntica, por se tratar de um estilo atemporal. Daí, que, os materiais aplicados não podem estar ligados a algum período - daqui há 20 anos, quem olhá-lo não saberá em que século foi construído. Mas, tem o vigor de uma obra recente e imponente, onde o morador se sinta seguro. Tenho a certeza de que acertamos nesse quesito”, conclui.

Telha com aparência de cobre patinado foi solução para condomínio neoclássico
Devido a poluição, e com o passar do tempo, a telha L-27 de Revzinc de cor cobre patinado, vai se tornando muito mais parecida com o metal cobre patinado (conforme foto acima do condominio Maison Du parc), assemelhando-se a pátina esverdeada

DESCRIÇÃO DO PRODUTO

Telhas nas dimensões 27 x 27 cm, com a possibilidade de serem fabricadas em cobre, zinco-titanio, Revzinc, alumínio e aço galvanizado. A telha L-27 permite grande diversidade de cores no acabamento Revzinc.

Este sistema de telha metálica residencial, favorece a carga (peso) de toda a edificação, pois, enquanto uma telha de concreto pesa entre 45 a 50 kg/m², a telha metálica pesa 5 kg/m2. Outra vantagem é a resistência a vendavais, pois a telha toda é presa individualmente ao compensado e cada uma é encaixada à que está ao lado, ou acima, ou abaixo.

Na obra do Condomínio Verti, foram instalados 750 m² de cobertura com as telhas L-27, sendo 107 m² em cada casa. A N.Didini forneceu também toda a estrutura metálica das coberturas, o assoalhamento e a colocação das telhas. A cobertura levemente curvada, projetada pelo arquiteto Octavio de Siqueira, tem detalhes arquitetônicos únicos, revelando com clareza o estilo adotado.

Redação AECweb

Clique para obter informações e catálogos deste produto

Conheça mais produtos da N.Didini disponíveis no Canal de Especificação Online

Veja também outros destaques da N. Didinino Portal AECweb

Complete seu cadastro