O portal da Arquitetura,
Engenharia e Construção
Receba Boletins e Informativos. Saiba mais
Fechar


  • Home

  • Seta CimaFornecedores
  • Seta CimaProdutos
  • Seta CimaArquitetura
  • Seta CimaEquipamentos
  • Seta CimaRevista Digital
  • Seta CimaWeb Seminários
  • Seta CimaConexão AEC
  • Seta CimaBlog
Seta Direita

Busca por Fornecedor ou ProdutoUtilize a barra de busca para procurar
o fornecedor ou produto que você deseja!

> > > > ANAPRE classifica tintas e vernizes pela resistência à abrasão

ANAPRE

ANAPRE - Associação Nacional de Pisos e Revestimentos de Alto Desempenho

ANAPRE

Associação Nacional de Pisos e Revestimentos de Alto Desempenho

EntidadeSão Paulo, SP
Telefone:3231-0067

ANAPRE classifica tintas e vernizes pela resistência à abrasão

O objetivo maior da ação é orientar o mercado quanto aos vários tipos de tintas e vernizes existentes para RAD para que sejam aplicados corretamente

O objetivo maior da ação é orientar o mercado quanto aos vários tipos de tintas e vernizes existentes para RAD para que sejam aplicados corretamente

ANAPRE

A ANAPRE (Associação Nacional de Pisos e Revestimentos de Alto Desempenho), por intermédio do Comitê de RAD (Revestimento de Alto Desempenho), acaba de concluir um trabalho de classificação das tintas e vernizes pela resistência que possuem à abrasão.

O objetivo maior da ação é orientar o mercado quanto aos vários tipos de tintas e vernizes existentes para RAD para que sejam aplicados corretamente.

Assim, foram classificados em três grupos (Prêmio, Regular e Econômica), utilizando o critério de resistência à abrasão calculada pelo método Taber Abrasion Test (conforme ABNT NBR 14050:1998 Sistemas de revestimentos de alto desempenho, à base de resinas epoxídicas e agregados minerais – projeto, execução e avaliação de desempenho – Procedimento), e estabelecidos os limites de corte entre cada um dos grupos.

O limite de corte entre uma tinta Prêmio e uma tinta Regular será o estabelecido na NBR 14050, ou seja, a perda máxima de 30 Mg, 1000 ciclos, rebolo CS 17, Umidade 50% e temperatura 25ºC. Já o limite de corte entre uma tinta Regular e uma tinta Econômica ficou estabelecido em uma perda máxima de 50 Mg, 1000 ciclos, rebolo CS 17, Umidade 50% e temperatura 25ºC.

A tinta ou verniz cuja classificação seja Prêmio tem que atender perfeitamente a NBR 14050 quanto à resistência à abrasão e quanto menor o número de perda de massa por abrasão ou desgaste, maior a sua resistência. São recomendadas para áreas de grande tráfego de veículos, como garagens, empilhadeiras, trânsito intenso de pessoas etc.

A tinta ou verniz classificada como Regular deve possuir de 1 a 60% menos resistência à abrasão e são recomendadas para áreas de mediano trânsito de pessoas, embaixo de máquinas e equipamentos, pisos térmicos e demais áreas onde a tinta ou o verniz não será muito demandada.

A classificação Econômica sugere que uma tinta ou verniz classificado como tal deve possuir resistência à abrasão de 61% ou mais, inferior a uma tinta ou verniz Prêmio. São recomendadas somente para marcações de extintores, de barrados ou de pisos com muito baixo trânsito de pessoas.

Segundo o coordenador do Comitê e presidente da ANAPRE, eng. Alexis Fonteyne, esta é mais uma importante ação desenvolvida pelo Comitê em prol do segmento de RAD. “Pretendemos emitir um documento orientativo ao mercado, ilustrando a diferença entre os tipos de tintas e vernizes de modo esclarecer quanto a diferenças dos vários produtos disponíveis”, enfatiza.

O Comitê Técnico de RAD foi constituído pela ANAPRE em 2011 com o objetivo de buscar constantemente a melhoria do setor, orientando projetistas, especificadores, executores e consumidores do sistema piso-RAD sobre as boas práticas.

Em 2011, foram elaborados três documentos: ANAPRE CR 001/2011 - Recomendações para a Execução de Piso de Concreto que receberá um Revestimento de Alto Desempenho (RAD), ANAPRE CR 002/2011 - Recomendações para a Seleção de Revestimentos de Alto Desempenho (RAD) e ANAPRE CR 003/2011 - Recomendações de Controle de Campo para Revestimento de Alto Desempenho (RAD). Em 2012, o Comitê lançou um guia prático para preparação de superfícies de concreto.

Atualmente, o Comitê está sob a coordenação dos engenheiros Alexis Joseph Steverlynck Fonteyne e Luis Paulo de Castro e tem como membros representantes de diversas empresas setor, como Viapol, Basf, Air Products, Saint-Gobain, Covestro, Evonik, Reade, Solepoxy, ATT/CPA entre outras.

Fonte: ANAPRE

Notícias

Complete seu cadastro

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos do Portal AECweb.