Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

SINAPROCIM/SINPROCIM

SINAPROCIM/SINPROCIM - Sindicato Nacional da Indústria de Produtos de Cimento

SINAPROCIM/SINPROCIM

Sindicato Nacional da Indústria de Produtos de Cimento

EntidadeSão Paulo, SP
Telefone:(11) 3149-4040

CONSTRUBUSINESS é apresentado em Jaguariúna/SP

Como conteúdo do Construbusiness, foi apresentado o “Programa Compete Brasil” ao prefeito, que traz soluções estruturadas e integradas para resolver, até 2022

Como conteúdo do Construbusiness, foi apresentado o “Programa Compete Brasil” ao prefeito, que traz soluções estruturadas e integradas para resolver, até 2022

Sinaprocim

Divulgação Sinaprocim/Sinprocim

O prefeito Gustavo Reis recebeu na tarde desta última sexta-feira (03) o estudo do 12º Construbusiness (Congresso Brasileiro da Construção), cujo tema é “Investir com Responsabilidade”. O caderno técnico foi entregue em mãos por Pedro Rinaldi, diretor do Departamento Jurídico da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Dejur/Fiesp) que na ocasião representava o Eng. José Carlos de Oliveira Lima, Presidente do Conselho Deliberativo Sinaprocim/Sinprocim, Vice-Presidente da Fiesp e Presidente do Conselho Superior da Construção – Consic da Fiesp e Carlos Auricchio, Diretor Titular do Departamento da Indústria da Construção – Deconcic/FIESP.

Como conteúdo do Construbusiness, foi apresentado o “Programa Compete Brasil” ao prefeito, que traz soluções estruturadas e integradas para resolver, até 2022 (ano do bicentenário da República), os gargalos na construção em Infraestrutura, Habitação e Desenvolvimento Urbano.

“Como se trata de uma proposta para o Brasil, acredito na importância da participação das prefeituras no desenvolvimento do país e reaquecimento da economia. A construção tem efeito multiplicador e pode criar muitos empregos”, disse Pedro Rinaldi.

O Prefeito Gustavo Reis disse que é muito bem-vinda a presença do setor da construção na região e incentivou a interlocução entre a Prefeitura de Jaguariúna com a iniciativa privada.

Acesse o estudo clicando aqui.

Fonte: Sinaprocim/Sinprocim

Notícias

Complete seu cadastro