• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

APeMEC

APeMEC - Associação de Pequenas e Médias Empresas de Construção Civil de SP

APeMEC

Associação de Pequenas e Médias Empresas de Construção Civil de SP

EntidadeSão Paulo, SP
Telefone:11-5080-9557 ramal: 9557

Em 2015 o governo Federal investiu R$ 251,7 bilhões no PAC

Investimento corresponde a 24% do valor previsto para o período de 2015 a 2018

Investimento corresponde a 24% do valor previsto para o período de 2015 a 2018

O Governo Federal, por meio do Ministério do Planejamento, anunciou nesta segunda-feira (29) que aplicou R$ 251,7 bilhões no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em 2015, o que corresponde a 24% do valor previsto para o período de 2015 a 2018, de R$ 1 trilhão. Os dados fazem parte do segundo balanço do PAC referente a esses anos.

As obras entregues à população correspondem a 23,8% do total previsto para o período, e são divididas em social e urbana – que recebeu R$ 91 bilhões -, energia – com R$ 63,3 bilhões - e logística – R$ 4,9 bilhões.

Em relação à área habitacional, foram 445 mil unidades do programa Minha Casa Minha Vida, além de 632 obras de saneamento, esgotamento e resíduos sólidos, distribuídas por 584 municípios. O governo afirma que são, aproximadamente, 37 mil empreendimentos em diversas áreas.

Também foi divulgado que, do total de obras executadas em 2015 pelo PAC, R$ 99,9 bilhões correspondem a financiamentos do setor público, habitacional de imóveis novos e do programa MCMV: R$ 45,4 bilhões do setor privado e R$ 3,3 bilhões de contrapartidas de estados e municípios.

Dentre os empreendimentos concluídos, 270 quilômetros de rodovias, a ponte Anita Garibaldi e o túnel do Morro do Formigão na BR-101 (SC), além de 163 km da ferrovia Transnordestina, em Pernambuco, dois terminais hidroviários de passageiros na Região Norte, o Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), e obras em Aeroportos, como o Santos Dumont (RJ), Santarém (PA) e Tabatinga (AM). Na questão energética, 108 novos empreendimentos em energia eólica, o que deve aumentar cerca de 2.717 MW na matriz energética nacional.

O Programa Luz para Todos efetivou 57,6 mil novas ligações no país, o que corresponde a 28% da meta estabelecida para o período 2015-2018.

Fonte: APeMEC

Notícias

Complete seu cadastro