• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > > Evento da Habitat no Recife discutirá soluções inovadoras para as cidades

CAU/BR

CAU/BR - Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil

CAU/BR

Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil

EntidadeBrasília, DF
Telefone:(61) 3204-9500

Evento da Habitat no Recife discutirá soluções inovadoras para as cidades

Evento da Habitat no Recife discutirá soluções inovadoras para as cidades

As inscrições são gratuitas para o Urban Thinkers Campus – The City We Need

Com o objetivo de pensar soluções inovadoras para as cidades, o Recife irá sediar o encontro internacional “Urban Thinkers Campus”, de 24 a 27 de novembro de 2015, . O UTC Recife é um dos 28 eventos internacionais promovidos pelo Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) como etapa preliminar da Habitat III – Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável, a ser realizada em Quito, no Equador, em 2016.

A iniciativa integra também o programa Cidades Sensitivas, desenvolvido pelo Ministério da Cultura (MinC) em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O evento é aberto a qualquer pessoa interessada nas temáticas – Cultura, Tecnologia e Espaço Urbano – eixos norteadores do UTC Recife. Os interessados em participar e contribuir com as discussões podem fazer suas inscrições gratuitamente no site http://utc.inciti.org. O CAU/PE apoia a iniciativa.

O “Urban Thinkers Campus Recife” será a única edição brasileira e terá o tema “Cidades Inclusivas – jovens e tecnologias abertas no espaço urbano”. A organização do encontro é do INCITI – Pesquisa e Inovação para as Cidades, grupo de pesquisa da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com patrocinio do Ministério da Cultura / Cidades Sensitivas e da Prefeitura do Recife. O INCITI se propõe a colaborar na construção de conhecimento e soluções para tornar as cidades inclusivas, sustentáveis e felizes – atualmente desenvolve o projeto Parque Capibaribe (em convênio com a Prefeitura do Recife) e LabCEUs – Laboratórios de Cidades Sensitivas (parceria com Ministério da Cultura). O primeiro UTC foi realizado em 2014 em Caserta, na Itália. Este ano, já foram realizados encontros em cidades da Suécia, México, Zimbabwe, Uganda, Colômbia, China, Filipinas, Quenia, Alemanha, Índia e Itália.

CONVIDADOS - O UTC Recife receberá convidados nacionais e internacionais com diferentes perfis: acadêmicos, ativistas, gestores públicos, hackers, representantes da sociedade civil organizada, líderes da juventude, indígenas, quilombolas. O evento contará com tradução simultânea. Entre os convidados já confirmados estão o arquiteto e urbanista Gustavo Restrepo (Medellín, Colômbia), referência internacional na recuperação de áreas degradadas, um dos responsáveis pelo plano de desenvolvimento urbano de Medellín e atualmente consultor do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF); o arquiteto, pesquisador, mestre em Design de Políticas Públicas pela Universidade de Harvard Pedro Henrique de Cristo, fundador e diretor executivo do Instituto Espaço Sitiê na favela do Vidigal (Rio de Janeiro); e Geraldine de Bastion (Berlim, Alemanha), consultora em tecnologia da informação e novas mídias para o desenvolvimento com foco na África Subsaariana.

Durante quatro dias do UTC Recife, sociedade civil, academia e representantes dos setores público e privado estarão reunidos no Bairro do Recife, compartilhando soluções inspiradoras voltadas para a inclusão da juventude, com foco no papel dos espaços públicos e novas tecnologias abertas como catalisadores de oportunidades e mudanças. A ideia é contribuir para as posições e recomendações da campanha “The City We Need” (A Cidade que Precisamos) sobre espaços urbanos, que serão encaminhadas para a Nova Agenda Urbana do Habitat III.

A programação terá como eixos-norteadores Cultura, Tecnologia e Espaços Urbanos. A Cultura é inserida no intuito de apontar conexões entre o desenvolvimento urbano, políticas culturais e práticas territoriais. A Tecnologia busca uma reflexão sobre o papel das cidades inteligentes que procuram otimizar processos cotidianos através do desenvolvimento de gadgets e dispositivos, e as experiências nos Espaços Urbanos trazem o pensamento sobre o papel do espaço público como esfera de efetivação de direitos e exercício de oportunidades.

PROGRAMAÇÃO - O Campus terá a Rua Domingos José Martins (localizada entre a Rua da Guia e Rua do Bom Jesus), no Bairro do Recife, como principal local do encontro, que também terá atividades em prédios dos arredores: Softex, Paço do Frevo e a sede do INCITI. Pela manhã, o UTC Recife abre ao público o panorama das discussões que estarão ocorrendo em grupos de trabalho, com as “Urban Thinkers Sessions”. Nestas sessões, convidados com perfis diferentes e complementares irão apresentar os principais desafios para as Cidades Inclusivas, a partir dos eixos temáticos Cultura, Tecnologia e Espaço Urbano.

A dinâmica central para estabelecer as trocas em torno de soluções inovadoras acontecerá nas “Constituent Group Sessions” (Sessões de grupos Constituintes), encontros que ocorrerão simultaneamente, no período da tarde, reunindo os protagonistas da conferência para defender os conceitos básicos da cidade que precisamos. Logo depois, acontecem as “Drafting Sessions”, para a sistematização dos trabalhos, num desafio de cruzar as informações, eleger prioridades e organizar a visão dos participantes. Os pontos mais relevantes comporão o documento a ser apresentado como referência para o Habitat III.

O programa Cidades Sensitivas, realizado pelo Ministério da Cultura em parceria com o INCITI/UFPE desenvolve uma série de ações direcionadas a fornecer subsídios teóricos e práticos para a discussão do espaço público como lugar de expressão, o reconhecimento de dinâmicas sociais – especialmente as historicamente excluídas, e o debate das cidades enquanto espaço potente para experimentação de políticas públicas. O programa surge como desdobramento do programa piloto LabCEUs – Laboratórios de Cidades Sensitivas, buscando ampliar a pesquisa sobre o envolvimento das pessoas com os espaços urbanos, a partir do uso de tecnologias abertas.

Para saber mais:

utc.inciti.org
http://www.habitat3.org
http://www.worldurbancampaign.org

Fonte: CAU/BR

Notícias

Complete seu cadastro