• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > > Redução no prazo de pagamento para construtoras com obras no FAR tem apoio

SINDUSCON-SP

SINDUSCON-SP - Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo

SINDUSCON-SP

Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo

EntidadeSão Paulo, SP
Telefone:(11) 3334-5600

Redução no prazo de pagamento para construtoras com obras no FAR tem apoio

SindusCon-SP pede ao Ministério das Cidades que medida seja aplicada também para notas fiscais já emitidas

SindusCon-SP pede ao Ministério das Cidades que medida seja aplicada também para notas fiscais já emitidas

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) apoia a redução no prazo de pagamento às construtoras com obras no Minha Casa, Minha Vida, por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Até novembro, o prazo era de 30 dias para as pequenas construtoras, 45 dias para as médias e 60 para as grandes. A partir de dezembro, os prazos serão de 10, 20 e 30 dias, respectivamente. A previsão era que a medida entrasse em vigor em janeiro de 2017, mas após algumas reivindicações do setor construção civil foi antecipada a redução de medição para o pagamento.

Para o vice-presidente de Habitação do SindusCon-SP, Ronaldo Cury, a medida veio em boa hora, pois dezembro é um mês onde há muitos encargos para as empresas. “Nosso pedido ao ministro Bruno Araújo é que o novo prazo de pagamento seja válido também para as notas já emitidas”.

O anúncio foi realizado pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo, em apresentação durante o 12º ConstruBusiness, realizado ontem (5) na sede da Fiesp, em São Paulo.

Araújo anunciou ainda a retomada da contratação do FAR. Para o ministro, esse diálogo e mudanças nos trâmites de algumas regras entre governo e construção civil são um incentivo à geração de emprego e renda, com objetivo de aquecer a economia do país.

O FAR recebe recursos transferidos do orçamento geral da União para viabilizar a construção de unidades habitacionais para famílias com renda de até R$ 1,8 mil.

Fonte: SindusCon-SP

Notícias

Complete seu cadastro