• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

ANAMACO

ANAMACO - Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção

ANAMACO

Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção

EntidadeSão Paulo, SP
Telefone:(11) 3151-5822

Vendas de materiais crescem 4,4% em 2013

Vendas de materiais crescem 4,4% em 2013

Expectativa para 2014 é de 7,2% de crescimento sobre 2013

16 de janeiro de 2014 - A Anamaco divulgou esta semana os resultados do estudo mensal sobre as vendas no setor de material de construção. Desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas da Universidade Anamaco, o estudo indicou que as vendas no mês de dezembro ficaram muito próximas dos resultados de novembro e, portanto, não apresentaram crescimento. Na comparação dezembro de 2013 X dezembro de 2012 o desempenho foi 1,5% superior. A pesquisa Tracking Mensal foi realizada com 540 revendedores das cinco regiões do Brasil.

No acumulado do ano, as vendas cresceram 4,4% sobre 2012, alcançando um faturamento de R$ 57,42 bilhões – recorde histórico do setor. “Tivemos uma retração de 2% no número de lojas que melhoraram o seu desempenho com relação a novembro, mas todos os segmentos pesquisados apresentaram resultados muito próximos dos obtidos no mês de novembro, exceto tintas, que teve um incremento de 10% no número de lojas com aumento nas vendas”, explica o presidente da Anamaco, Cláudio Conz.

Ainda de acordo com a pesquisa, os segmentos de caixas d’água e telhas de fibrocimento, iluminação e louças sanitárias cresceram 3%. “Os demais ficaram praticamente estáveis”, completa Conz.

No levantamento por regiões, os destaques foram para o Nordeste e o Norte, onde 58% e 55% das lojas registraram crescimento no mês, seguidos pelo Sudeste (43%), Sul (42%) e Centro-Oeste (31%).

“Para janeiro, os lojistas estão menos otimistas e apenas um terço deles acredita que as vendas serão melhores do que em dezembro, o que é normal nesta época do ano, pois, devido ao periodo de férias escolares, as vendas acabam diminuindo. Eu sempre digo que reforma não combina com criança em casa e esse é um movimento natural do setor”, declara Conz.

O levantamento também indicou que as lojas iniciam o ano de 2014 confiantes. Cerca de 27% dos estabelecimentos entrevistados pretendem contratar novos funcionários já em janeiro. Além disso, cresceu o otimismo com relação às ações do Governo nos próximos 12 meses, com destaque para o Centro-Oeste e o Nordeste, que também se destacam como as regiões que mais pretendem realizar novos investimentos.

Para a Anamaco, as perspectivas para o ano são positivas: “Em função do atual momento em que estamos vivendo e de uma grande quantidade de obras ainda para a Copa do Mundo, devemos ter um desempenho 6% superior no primeiro semestre do ano e 8% superior no segundo. Nos dias de jogo do Brasil, antes e depois da partida, o movimento nas lojas é tradicionalmente melhor que os dias normais. As pessoas aproveitam este ‘quase feriado’para ir às compras. Já as eleições sempre trazem algumas incertezas sobre os preços no futuro e, justamente por isso, muita gente acaba antecipando as compras. Se tudo sair como estamos prevendo, devemos encerrar o ano com mais um recorde histórico de 7,2% de crescimento sobre 2013”, finaliza Conz.

Fonte: Anamaco

Notícias

Complete seu cadastro