Pisos vinílicos

O piso vinílico, 100% sintético, é fabricado com resina de vinil (PVC), cargas minerais, plastificantes, pigmentos e aditivos em diferentes cores e padrões, entre os quais os metálicos e os que imitam madeira. Esse tipo de piso é comercializado em mantas ou placas e usado no chão e em paredes de ambientes internos em empreendimentos residenciais, corporativos e institucionais. Os modelos atuais não precisam de sistema de travamento, pois são apenas sobrepostos ao contrapiso, além de emitirem poucos compostos orgânicos voláteis.

Firenze
Firenze
ForthArt Fortis
ForthArt Fortis
Hi-Macs - Classic
Hi-Macs - Classic
Home Collection
Home Collection
Linha Ambienta Studio
Linha Ambienta Studio
Linha Desso®
Linha Desso®
LVT Amtico e Spacia
LVT Amtico e Spacia
Natural Vision Bamboo
Natural Vision Bamboo
Naturale
Naturale
Naturalle Hexagon
Naturalle Hexagon
Papel de Parede
Papel de Parede
Pathway + Promenade
Pathway + Promenade
Piscinas
Piscinas
Piso Vinílico
Piso Vinílico

Trata-se de um material leve, pouco espesso e altamente durável - mais de 20 anos se mantido de forma adequada. Por ser monolítico e fácil de instalar e limpar, além de apresentar elevada resistência química e proporcionar confortos acústico e térmico, é bastante utilizado em hospitais e clínicas de saúde. Muitos hotéis também o utilizam nos quartos, em substituição aos carpetes. Os modelos autoportantes para pisos elevados são ótimas soluções para escritórios.

Entre as muitas vantagens, está também o fato de ser um revestimento sustentável, já que é totalmente reciclável. Empresas brasileiras o transformam em solas de sapato e vasos, entre outros objetos.


Como especificar pisos vinílicos

Pisos vinílicos para ambientes corporativos ou institucionais precisam ser mais resistentes ao tráfego de pessoas do que os instalados em ambientes residenciais. Um piso comercial pode ser instalado em uma área residencial, mas o inverso não pode ser feito.

De acordo com a Norma EM 685, saguões de aeroportos precisam de um revestimento com classificação de uso 34 - trânsito muito intenso. Veja nesta matéria o piso adequado para diferentes tipos de tráfego.

Existem ainda linhas de pisos vinílicos para áreas esportivas. Em quadras de vôlei, por exemplo, o piso precisa ter absorção de impactos maior do que 45%, espuma com dupla densidade, alta resistência e tratamento de superfície que, além de facilitar a limpeza e a manutenção, evita queimaduras causadas pelo contato do piso com a pele.

Instalação de pisos vinílicos

Revestimentos vinílicos só podem ser instalados em ambientes internos e sem umidade, sobre contrapisos cerâmicos, lajes de concreto, mármores, granitos, porcelanatos com juntas de até 5 mm. A colocação sobre o piso de madeira não é recomendada, pois, se a madeira apodrecer, o vinílico será afetado. Também não deve ser instalado em banheiros, devido à lavagem constante e ao vapor quente do chuveiro, que pode danificar as peças.

Tipos de pisos vinílicos

Há dois tipos principais de pisos vinílicos: colados ou clicados.

O piso vinílico colado é ideal para áreas molhadas e locais onde o desempenho acústico é importante, pois evita o"toc-toc" de saltos e patinhas de animais de estimação que incomodam os vizinhos do andar debaixo.

Já o piso vinílico clicado é instalado mais rapidamente, mas não pode ser lavado. Nos dois casos, a superfície não pode apresentar porosidade, sujeira ou qualquer defeito que interfira na aderência e fixação do revestimento.

Assim, o contrapiso deve estar totalmente limpo, seco, curado, perfeitamente nivelado, firme e, se necessário, impermeabilizado. A impermeabilização é imprescindível no térreo, principalmente se o piso vinílico for do tipo"manta", devido à umidade proveniente do solo, que pode criar bolhas no piso. Para mantas, a umidade aceitável é de 3%, e, para placas, dependendo do fabricante, de até 7%.

Saiba mais:

Pisos e Revestimentos