Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

À CPI, gerente da Petrobras falará de obras suspeitas

Texto: Redação PE

O gerente de Engenharia de Custos da Petrobras, Alexandre Rabello, é o próximo a ser ouvido pela comissão parlamentar de inquérito (CPI) do Senado que investiga denúncias de irregularidades na estatal. O depoimento está marcado para as 10h15 de quarta-feira.

O engenheiro deverá falar principalmente sobre indícios de superfaturamento na construção de refinarias, incluindo a de Abreu e Lima, em Pernambuco — um dos eixos da investigação.

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) verificou irregularidades na elaboração do projeto e na execução das obras de terraplenagem, drenagem e pavimentação da refinaria. Faturas de serviços não previstos originalmente e aditivos de contratos também estão sob suspeita.

Rabello será a oitava pessoa a dar explicações à CPI do Senado. Os senadores já ouviram o ex-presidente da Petrobras Sergio Gabrielli, os ex-diretores da área Internacional Nestor Cerveró e Jorge Luiz Zelada e a atual presidente da estatal, Graça Foster. Também falaram o ex-gerente-executivo Luis Carlos Moreira da Silva e o diretor de Segurança Empresarial, Pedro Aramis de Lima Arruda, além de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento, que está preso sob a acusação de corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

Fonte: Senado Federal Brasília

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: