21/10/2014 01:35:22
AECweb | O portal da Arquitetura, Engenharia e Construção O portal da Arquitetura,
Engenharia e Construção
Receba Boletins e Informativos. Saiba mais
Fechar
  • Home

  • Fornecedores
  • Produtos
  • Arquitetura
  • Equipamentos
  • Revista Digital
  • Web Seminários
  • Conexão AEC
  • Blog

Busca por Fornecedor ou Produto Utilize a barra de busca para procurar
o fornecedor ou produto que você deseja!

> > > Escadas em balanço, leves e arrojadas

Escadas em balanço, leves e arrojadas

O projeto e a construção das belas escadas em balanço exigem conhecimento específico e respeito às normas técnicas dos materiais

Redação AECweb / e-Construmarket

Escada em balançoO tipo de apoio que uma escada recebe é fundamental para determinar se está ou não em balanço – é a chamada condição de contorno. “Normalmente, os degraus em balanço possuem uma borda engastada e a outra livre, e são uma opção estética ímpar, uma vez que conferem ao ambiente leveza e inusitismo”, diz o engenheiro Rodrigo Gustavo Delalibera, professor da Universidade Federal de Goiás (UFG).

 

 

Tipologias

As escadas em balanço podem ser de quatro tipologias principais: com laje em balanço engastada em viga lateral (Figura 1); com laje em balanço com espelho trabalhando como vigas (Figura 2); em viga reta com degraus em balanço (Figura 3) e autoportantes (Figura 4).

Figura 1Figura 1- Escada com laje em balanço engastada em viga lateral inclinada, Melges et al. (1997)
Figura 2Figura 2- Escada com laje em balanço e espelhos com comportamento como vigas, Melges et. al (1997)
Figura 3Figura 3- Escada em viga reta com degraus em balanço, Melges et. al (1997)
Figura 4Figura 4- Escada em viga reta com degraus em balanço, Delalibera, R. G. (2012)

Especificação

De acordo com Delalibera, todas as estacas devem ser projetadas para resistir aos esforços internos de momento fletor, força cortante, força normal e momento torçor. “É importante lembrar que todas as estruturas de concreto armado são projetadas no estado limite último, situação que caracteriza a iminência de ruptura do elemento estrutural, indicando sua capacidade máxima de resistência, e verificada junto aos estados limites de serviço”, ensina.

Os estados limites de serviços das estruturas de concreto armado, que propiciam à estrutura capacidade de utilização durante o período de sua vida útil são: estado limite de deformação excessiva, estado limite de abertura de fissuras e estado limite de vibração excessiva. “Para estruturas protendidas, há outros estados limites de serviços que devem ser verificados”, afirma o professor, acrescentando que essa condição não se aplica a escadas construídas em estruturas metálicas e de madeira.

Nas escadas em balanço e nas autoportantes, é preciso ter um cuidado especial com a verificação da vibração. “Vibração em excesso causa desconforto ao usuário”, ressalta.

Qualidade

Apesar das escadas em balanço não terem uma norma técnica específica, devem seguir as normas utilizadas para as estruturas de concreto armado, estruturas metálicas e de madeira, que garantem um bom desempenho do produto. São elas: ABNT NBR 6118:2007 - Projeto de estruturas de concreto – Procedimento; ABNT NBR 6120:1980 - Carga para o cálculo de estruturas de edificações; ABNT NBR 8681:2003 - Ações e segurança nas estruturas – Procedimento; ABNT NBR 14931:2003 - Execução de estruturas de concreto – Procedimento; ABNT NBR 8800: 2008 - Projeto de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto e edifícios; ABNT NBR 14762:2010 - Dimensionamento de estruturas de aço constituídas por perfis formados a frio; ABNT NBR 7190:1997 - Projeto de estruturas de madeira e ABNT NBR 15200:2012 - Projeto de Estruturas de Concreto em Situação de Incêndio.

Instalação

É por meio de parafusos que, normalmente, os degraus de uma escada em balanço construída com sistema pré-moldado de concreto, metálica ou de madeira são fixados. “Já as feitas em concreto armado são engastadas em vigas inclinadas”, explica Delalibera.

A maneira como uma escada em balanço será construída está associada ao material escolhido para sua confecção. “Caso se empregue o concreto armado, normalmente, elas são feitas no local, utilizando formas de madeira. Há, também, a possibilidade da construção ser feita na fábrica ou no ‘chão do canteiro de obras’, explica.

Os corrimãos e guarda-corpos também são bem-vindos. Mas, o professor alerta: “É importante respeitar as diretrizes impostas pelo corpo de bombeiros de cada estado. E, em edifícios públicos, as escadas devem receber fitas antiderrapantes, iluminação e sinalização de emergência”.

Manutenção

É fundamental realizar vistorias periódicas nos elementos estruturais de uma escada. “Por meio delas, é possível identificar patologias e corrigi-las, evitando possível ruptura localizada ou global das estruturas”, ressalta.

E em se tratando de escadas em balanço e autoportantes, a manutenção torna-se indispensável. “Caso venha a ocorrer ruptura, esta se dará de maneira brusca, ou seja, sem aviso prévio”, reforça.

É bom saber

Geralmente, a utilização de escadas em balanço é uma escolha do projeto arquitetônico. “Não há situação onde é possível usar somente este tipo de escada. Trata-se, normalmente, de uma preferência do morador que busca por um elemento diferenciado, que proporciona leveza ao ambiente, sem muita interferência. Podendo ainda optar por diferentes tipos de acabamento, desde os pisos cerâmicos ou em madeira até o mármore, entre outros”.

Colaborou para esta matéria

Rodrigo Gustavo Delalibera – Doutor em Engenharia de Estruturas e mestre em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (EESC-USP), e engenheiro civil pela Faculdade de Engenharia de São José do Rio Preto (FAENGER). Atualmente, é professor adjunto da Universidade Federal de Goiás (UFG) no curso de Engenharia Civil.
Gostou deste artigo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.
Logo AECweb

AECweb é o maior portal de conteúdo, relacionamento e negócios para empresas e profissionais da Arquitetura, Engenharia e Construção. Saiba mais

Boletins e Informativos

Fique informado e mantenha-se atualizado com os Boletins e Informativos do Portal AECweb.

Cadastre-se e receba gratuitamente o melhor conteúdo especializado em arquitetura, engenharia e construção.









Mais serviço. Mais parceria
AECweb

O maior portal de conteúdo, relacionamento e negócios para empresas e profissionais da Arquitetura, Engenharia e Construção.

Construmanager

A plataforma online mais completa e funcional para Gestão de Projetos e Obras no setor da Arquitetura, Engenharia e Construção.

Construcompras

O único sistema de comércio eletrônico entre empresas especializado no setor da construção civil.

Rede de Obras

O principal sistema de informações sobre projetos e obras residenciais, comerciais, industriais e de infraestrutura em andamento no Brasil.

© 1999 - 2014 . Todos os direitos reservados. www.e-Construmarket.com.br