Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Boas práticas com argamassa

Assista ao vídeo e fique por dentro das principais dicas de como usar a argamassa na obra, garantindo o melhor desempenho

Publicado em: 05/06/2024

Texto: Ian Vieira

Quem trabalha na construção civil, sabe muito bem: dominar a “arte” de usar a argamassa é um dos princípios básicos para executar uma obra de sucesso.

Embora tenha um procedimento relativamente simples e conte com o auxílio de equipamentos de alta tecnologia (que facilitam ainda mais a execução), a argamassa possui etapas que jamais podem ser negligenciadas. Do contrário, a obra terá prejuízos com as manifestações patológicas.

Para esclarecer o assunto, fizemos um vídeo de boas práticas com argamassa no Instituto da Construção, na unidade do Campo Limpo, em São Paulo.

Assista ao vídeo e confira a matéria com as principais recomendações!

Boas práticas com argamassa

Quais EPIs devo usar na obra?

  • Capacete
  • Luvas
  • Óculos de proteção
  • Máscara
  • Botas

Quais ferramentas e materiais devo usar para aplicar argamassa?

  • Colher de pedreiro
  • Argamassadeira
  • Balde para água
  • Misturador mecânico
  • Desempenadeira dentada
  • Martelo de borracha
  • Nível
  • Prumo
  • Brocha/trincha
  • Régua

Como armazenar os sacos de argamassa?

A primeira dica é: nunca armazene os sacos de argamassa no chão. Eles podem absorver água e endurecer o produto. Portanto, o mais indicado é colocar os sacos em pequenas pilhas sobre tablados.

Como verificar a qualidade da argamassa?

Argamassa em colher de pedreiro sendo colocada em desempenadeira dentadaA argamassa tem aplicação relativamente simples, mas precisa seguir procedimentos básicos (Foto: Luiz Guilherme)


Importantíssimo observar no saco de argamassa o lote de fabricação. Geralmente o prazo de validade é de 12 meses.

E tem mais: ao despejar o pó na argamassadeira, veja se não há pedras ou sujeiras. Isso pode prejudicar a aderência do revestimento.

Como misturar a argamassa?

A mistura da argamassa deve acontecer sempre dentro de um recipiente estanque, limpo e protegido do sol, do vento ou da chuva.

Depois de providenciar a argamassadeira, coloque o pó e, aos poucos, a água. Necessário seguir a proporção indicada pelo fabricante. Aqui é possível fazer a mistura de duas maneiras: com o misturador mecânico ou com a colher de pedreiro.

No caso da mistura manual, a melhor maneira de fazê-la é segurando a colher com a haste virada para frente. Além disso, “crave” a colher dentro da argamasseira e puxe a massa para a água espalhar bem.

Observe, também, a consistência da argamassa. Ela precisa descolar bem devagar da colher de pedreiro.

Importante: recomenda-se deixar a argamassa em repouso por 15 minutos e misturá-la novamente antes de usá-la. E durante a aplicação, sempre que o produto ficar em repouso, deve ser misturado. Use a argamassa em até duas horas e meia.

Como fazer o preparo da superfície?

Antes de aplicar a argamassa, faça o preparo da superfície com chapisco, emboço e reboco.

Com tudo pronto, use a régua para verificar se a superfície está regularizada. Pegue a argamassa com a colher de pedreiro e a coloque na desempenadeira.

Na sequência, aplique a massa por igual na parede, sempre de baixo para cima. Deve-se cobrir um ponto pequeno da parede, correspondente a duas ou a três placas de revestimento.

Vale ressaltar que a desempenadeira deve ser cravada muito bem para fazer os cordões (de forma lateral ou de baixo para cima). O importante é manter a uniformidade para o resto da aplicação.

Como aplicar a argamassa no revestimento?

Argamassa com cordões em parede (à esquerda) e no verso de revestimento (à direita)A argamassa deve ser aplicada tanto na superfície, quanto no verso de peças de revestimento acima de 30 cm x 30 cm (Fotos: Luiz Guilherme)


A argamassa deve ser aplicada atrás do revestimento no caso das peças de grande formato. Geralmente, indica-se o procedimento para revestimentos acima de 30 cm x 30 cm.

Para isso, é importante uniformizar a massa no verso da peça com o auxílio de uma colher de pedreiro. Depois, use a desempenadeira para fazer os cordões.

Faça o mesmo com a argamassa na superfície, de modo a encaixar o revestimento. Ajeite a peça com um martelo de borracha, dando batidas leves. O procedimento deve se repetir até cobrir toda a parede.

Como fazer o descarte da argamassa?

Geralmente as obras possuem um local adequado para fazer o descarte da argamassa. Mas também é possível aproveitar a argamassa para realizar outras aplicações em paralelo.

E aí, gostou das dicas de boas práticas com argamassa?

Colaboração técnica

Fábio Oliveira Mota – Instrutor de formação profissional