• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > A Construção Modular e sua utilização nos hospitais de campanha

A Construção Modular e sua utilização nos hospitais de campanha

A Construção Modular e sua utilização nos hospitais de campanha

Em razão da pandemia causada pela Covid-19, o Brasil e o mundo passaram a adotar os hospitais de campanha como meio de desafogar o atendimento na rede pública de saúde. Para erguer estes hospitais é utilizada a construção modular, técnica já presente no mundo desde a Segunda Guerra Mundial, contudo, pouco difundida no Brasil.

Esse modelo de hospital é bastante utilizado por militares. É o caso das Forças Armadas brasileiras que utilizaram os hospitais de campanha após os terremotos no Haiti e no Chile; em muitos casos, compartilham sua experiência no assunto para novas instalações.

Em um grande movimento global de combate à Covid-19, países de diferentes continentes e culturas têm erguido hospitais de campanha em seus territórios. No Brasil, as grandes capitais estão construindo estruturas provisórias em estádios e centros de convenção. Esta medida é recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS); segundo o diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom, as redes de atendimentos de vários países estão no limite, o que coloca em risco a vida de pessoas que precisam de outros cuidados de saúde que não os ligados à Covid-19.

A construção modular tem se mostrado uma forma eficiente de construir prédios e novos estabelecimentos em pouco tempo. As edificações modulares pré-fabricadas são um tipo de construção feita a partir de módulos, construídas em uma fábrica, local diferente de onde será feita a sua instalação definitiva. Após serem construídas, são reunidas de modo a construir, por exemplo – além dos hospitais de campanha –, uma casa ou qualquer outro tipo de edificação por completo.

O mercado brasileiro ainda apresenta algum tipo de dificuldade na compreensão desse método de construção, pois muitas das vezes há pouco conhecimento e informação a respeito da tecnologia empregada com esta técnica. Contudo, o uso crescente de modelagem digital, emparelhado com novas técnicas de fabricação (como a impressão 3D), ampliou a visão das pessoas e se tornou alternativa à alvenaria convencional.

O principal benefício da construção modular é a garantia de qualidade atestada pelos padrões, práticas e rotinas de supervisão mantidas em ambiente fechado, que geralmente são mais rigorosas e facilmente controláveis. Ao ter total noção e controle sobre os recursos para um projeto, desperdícios são evitados; apenas o mínimo necessário é empregado para que a edificação seja a melhor possível aos seus usuários. Com isso, os custos com mão de obra são menores porque menos mão de obra é necessária e o tempo total de conclusão é menor.

Outro importante benefício é o controle de qualidade. Os módulos pré-fabricados são construídos em um ambiente de fábrica controlado. Eles são projetados e construídos com os mesmos padrões que os edifícios construídos no local. Os testes regulares realizados garantem a alta qualidade dos módulos que saem da fábrica.

No Brasil, mais especificamente no Rio de janeiro, a construção modular já foi utilizada no erguimento das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e clínicas da família, seguindo um padrão específico, com módulos pré-fabricados.

Nos casos dos hospitais de campanha, o principal material utilizado é o aço. E por ser um material sustentável, os impactos dessa construção ao meio ambiente são mínimos, pois geram pouquíssimos resíduos nas obras. Neste ponto, a sustentabilidade é patente, pois como é um recurso renovável e há facilidade na montagem e na desmontagem destas estruturas, a possibilidade de reaproveitamento futuro para outras ações são grandes.

De fato, no futuro próximo, ao que tudo indica, o uso da construção modular deve se expandir mais aceleradamente e ganhar um escopo mais abrangente.

Portanto, a construção modular deve ser encarada então como uma grande aliada, por sua rapidez, segurança, qualidade e sustentabilidade. Esperamos que esses hospitais de campanha, erguidos tão rapidamente, ajude a salvar vidas, desafogue leitos de outras unidades de atendimento da rede de saúde pública e ajude a sociedade no Brasil e no mundo a encarar este difícil momento de combate à Covid-19.

Referências:

https://www.buildin.com.br/construcao-modular-pre-fabricada/

https://www.globaltec.com.br/2019/04/09/construcao-modular-conheca-essa-tendencia-que-ira-transformar-o-mercado-de-construcao-civil/

https://www.sienge.com.br/blog/construcao-modular/

https://www.cbca-acobrasil.org.br/site/noticias/novos-hospitais-de-campanha-em-estrutura-metalica-sao-construidos-para-auxiliar-no-combate-a-covid-19

https://cbic.org.br/artigo-as-estruturas-metalicas-e-o-combate-a-covid-19/

http://multiteiner.com.br/blog/construcao-modular-no-combate-ao-novo-coronavirus/

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.
Marcelo FonsecaArticulistaMarcelo Fonseca

PERFIL

Especializado na área cível, formado pela faculdade FACHA - Faculdades Integradas Helio Alonso, com curso regular intensivo no Curso Forum, cursando atualmente Pós-graduação na área trabalhista na Universidade Candido Mendes. Ele é advogado do MLA (Miranda Lima Advogados).

ARTIGOS DESTE AUTOR

    Mais artigos deste autor

    Complete seu cadastro