• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Inspeção predial: qualidade, desempenho e segurança

Inspeção predial: qualidade, desempenho e segurança

Artigo de Antônio Carlos Dolácio, engenheiro civil e diretor-técnico do Ibape/SP (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia de São Paulo)

A inspeção predial é um procedimento técnico muito importante e eficaz, no sentido de evitar acidentes e intercorrências nos condomínios. Um estudo realizado pela Câmara de Inspeção Predial do IBAPE/SP (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia de São Paulo), sobre acidentes prediais em edificações residenciais com mais de 30 anos de uso, constatou que aproximadamente 70% dos acidentes prediais ocorridos estavam relacionados a deficiências e falhas no uso e na manutenção das edificações, implicando em perda precoce de desempenho e deterioração acentuada.

Apenas uma pequena parcela dos acidentes analisados estava relacionada à existência de anomalias construtivas.

Diante desse cenário, é fundamental a conscientização dos síndicos e gestores condominiais sobre a importância da atividade da inspeção predial (a ser realizada por profissionais habilitados - engenheiros ou arquitetos), que avalia o real estado de conservação e manutenção da edificação, o grau de criticidade das deficiências constatadas - resultando na emissão de um laudo técnico no qual são destacadas as correções e intervenções necessárias -, bem como suas respectivas prioridades, auxiliando na elaboração de um plano de manutenção.

A realização da inspeção predial é fundamental, uma vez que os sistemas construtivos se desgastam ao longo de sua vida útil, como é o caso das instalações hidráulicas, sistemas de combate a incêndios, instalações de gás e elétrica, revestimento de fachadas, entre outras. A negligência neste sentido se traduzirá em prejuízos, resultantes da perda de desempenho, da funcionalidade e da segurança, podendo ocorrer colapsos parciais ou totais dos sistemas.

O síndico ou gestor condominial é o responsável por solicitar o laudo de inspeção predial, assim como a contratação do profissional habilitado para a execução do documento. Além disso, também cabe a ele as tomadas de decisões para o cumprimento dos processos apontados no laudo e a checagem da manutenção da edificação.

A periodicidade de uma inspeção predial depende do estado de manutenção e conservação avaliados, quando de sua realização. Para edificações que possuem uma incidência alta de falhas e anomalias, a periodicidade deve ser menor do que para uma outra edificação que não esteja com essa criticidade.

Desta forma, cada caso é um caso, assim como ocorre para um checkup ou avaliação clínica da medicina.

Leia também: O que é manutenção preventiva, preditiva e corretiva?

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro