• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Estrutura metálica, um universo de vantagens

Estrutura metálica, um universo de vantagens

Solução proporciona economia de 50% do tempo


Redação AECweb

Estrutura metálica, um universo de vantagens

Independente do porte e do segmento de uso à que se destina, toda e qualquer edificação pode ser erguida utilizando estruturas metálicas. Mas cada empreendimento requer um tipo específico, que será selecionado de acordo com seu porte. “Os edifícios que têm um número maior de pavimentos normalmente usam sistemas mistos que envolvem perfis laminados, tipo W ou HP, nas vigas e pilares, associados a lajes de concreto ou steel deck. Já nas construções mais leves, com um ou dois andares, são usados perfis formados a frio e o sistema steel frame”, explica o doutor em engenharia civil, Renato Bertolino Jr, professor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) – Campus de Ilha Solteira.


A especificação do aço é feita pelo projetista e sempre de acordo com o tipo de obra. Normalmente, é empregado o aço carbono MR250 ou A36, de alta resistência AR350 ou A572 e de alta resistência anticorrosivos AR350COR ou A558, segundo padrão ABNT e ASTM respectivamente. “Por se tratar de sistema pré-fabricado, a grande vantagem é a velocidade de obra, principalmente para edifícios de grande porte. Ao final da construção, podemos observar que a redução de tempo em comparação com o sistema convencional, em geral, fica em torno de 50%”, destaca o engenheiro. Outro benefício é que o alinhamento vertical da obra é muito mais acentuado do que nas estruturas convencionais, pois o sistema em aço e suas ligações são fabricados com enorme precisão, minimizando erros na construção. E mais, as fundações para a estrutura metálica são menores, uma vez que seu peso por metro quadrado também é reduzido, significando um alívio de 20% a 30%.


Todas essas informações devem ser consideradas ao se comparar um investimento em estrutura de aço com as convencionais, demonstrando a viabilidade e a competitividade da metálica. Além disso, a vida útil da estrutura em aço possui longevidade – conforme comprovam as edificações construídas na década de 40, em São Paulo e em outras cidades, e que estão totalmente preservadas.


A resistência estrutural, tanto da construção em aço quanto em concreto, é calculada para resistir às ações usuais da obra, e a escolha pelo sistema em aço deve ser feita já na concepção do projeto arquitetônico. É preciso ter em mente desde o início que o sistema estrutural será de aço, evitando que, posteriormente, sejam necessárias adaptações e se perca a versatilidade desse material.

Estrutura metálica, um universo de vantagens


DESGASTES


Umas das principais patologias da estrutura em aço é a corrosão. Para evitá-la, inclusive em obras no litoral, o ideal é especificar o aço anticorrosivo que incorpora em seu processo metalúrgico materiais resistentes. Segundo o professor, de maneira geral, deve-se aplicar uma proteção com tinta específica ou por meio de galvanização para garantir maior durabilidade às peças. “O aço – assim como o concreto – além do tratamento superficial, exige manutenção sistemática. A periodicidade dependerá do nível de exposição do material a intempéries e à localização da edificação em ambiente mais ou menos agressivo”, completa.


Hoje, há ampla literatura e os profissionais da Construção Civil dominam as técnicas das interfaces da estrutura metálica com as vedações, tais como, alvenaria, painéis de concreto, placas cimentícias e outros materiais. O ideal é a utilização de fechamentos rápidos para aproveitar a velocidade obtida com o uso do sistema metálico. É possível até mesmo propor uma solução para a construção industrializada a partir do sistema construtivo em aço, como informa o professor Bertolino: “Normalmente, utilizaria lajes pré-moldadas ou protendidas ou o sistema steel deck, constituído de laje de concreto com fôrma de aço incorporada; fechamento em painéis de concreto pré-fabricado ou em placas cimentícias; e paredes internas em drywall”.


O professor faz algumas recomendações para a boa especificação das estruturas metálicas, a começar pela definição do sistema construtivo no momento da concepção do projeto arquitetônico, como já mencionado. “Depois, é preciso especificar com cuidado os materiais envolvidos, especialmente os perfis estruturais e suas resistências. Envolve, também, a contratação de uma engenharia estrutural para o desenvolvimento do projeto executivo, observando uma análise criteriosa, um dimensionamento dos elementos estruturais visando segurança e economia e, principalmente, um detalhamento cuidadoso para a realização de sua fabricação e montagem. Finalmente, é preciso selecionar profissionais ou empresas qualificadas para a execução desses serviços. Lembrando que em todas essas etapas, o sistema em aço requer mão de obra mais especializada do que o convencional”, informa o professor.


As empresas do setor normalmente fabricam e montam as estruturas metálicas de acordo com o projeto executivo, preocupando-se com a precisão nas dimensões, recortes e furações. “Quando, por ventura, ocorrer a necessidade de adaptação, isto é, de encurtamento ou prolongamento da peça, é perfeitamente possível que essa readequação seja executada no próprio canteiro da obra, solução impensável em peças construídas convencionalmente”, destaca Bertolino.

Redação AECweb


COLABOROU PARA ESTA MATÉRIA

Estrutura metálica, um universo de vantagens Renato Bertolino Júnior – Graduado em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia de Lins (EEL) em 1977, mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (URRJ) em 1984 e doutorado em Engenharia Civil pela Universidade de São Paulo (USP) em 1989. Atualmente é professor titular da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Estruturas Metálicas, atuando principalmente nos seguintes temas: estruturas de aço, análise estrutural, detalhamento de estruturas e cad.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro