• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Engenheiros decidem enviar propostas sobre segurança de barragens

Engenheiros decidem enviar propostas sobre segurança de barragens

Iniciativa pretende evitar novos desastres, como o ocorrido em Brumadinho (MG). Encontro teve participação de secretario do MME e presidente da ANE

Texto: Yuri Soares

Iniciativa pretende evitar novos desastres, como o ocorrido em Brumadinho (MG). Encontro teve participação de secretario do MME e presidente da ANE


Segundo presidente da ANE, Lei de Segurança de Barragens é “indiscutível” e indica, no seu Artigo 4, a responsabilidade do empreendedor pela segurança das estruturas (Créditos: divulgação/ Câmara Municipal de Iperó)

11/02/2019 | 10:22 – Um grupo de engenheiros que se reuniram na última semana no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) decidiu encaminhar ao Governo Federal propostas de ações relativas à segurança de barragens. A iniciativa pretende evitar novos desastres como o ocorrido em Brumadinho (MG), que ocasionou, até o momento, a morte de 157 pessoas e deixou 182 desaparecidos.

O encontro contou com a presença de especialistas da Academia Brasileira de Ciências e do Clube de Engenharia do Rio de Janeiro. Também participaram o secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (MME), Alexandre Vidigal de Oliveira, e o presidente da Academia Nacional de Engenharia (ANE), Francis Bogossian, que ressaltou ações de segurança de barragens de rejeitos.

O presidente da ANE defendeu a importância da Lei de Segurança de Barragens, que indica, no seu Artigo 4, a responsabilidade do empreendedor pela segurança das estruturas. Segundo ele, a lei, aprovada em 2010, “é indiscutível”.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro