• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Imóveis comerciais no Brasil ficam 0,55% mais caros em janeiro

Imóveis comerciais no Brasil ficam 0,55% mais caros em janeiro

Índice FipeZap, que analisa os preços de imóveis comerciais com até 200 m² nas capitais de SP, MG, RJ e RS, também registrou queda no valor da locação no período

Texto: Nathalia Lopes

Índice FipeZap, que analisa os preços de imóveis comerciais com até 200 m² nas capitais de SP, MG, RJ e RS, também registrou queda no valor da locação no período

Alguel dos imóveis comerciais em São Paulo aumenta
Apesar da alta, no acumulado dos doze meses a retração foi de 3,30% (Crédito: ImageFlow/shutterstock)

02/03/2018 | 12:37 – O preço médio dos imóveis comerciais no país subiu 0,55% em janeiro, na comparação com dezembro. No acumulado de 12 meses, os preços tiveram retração de 3,30%.

Os dados são da pesquisa feita pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) feita a partir dos anúncios no site Zap Imóveis que analisou escritórios de até 200 m² em quatro cidades: São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

No mês, foi registrado aumento em três das quatro cidades: São Paulo (0,69%), chegando à média de R$ 10.035/m²; Rio de Janeiro (0,60%), com valor médio de R$ 10.593/m²; e Porto Alegre (0,43%), com custo de R$ 7.872/m². Somente Belo Horizonte teve queda, de 0,09%, atingindo R$ 7.587/m².

Locação

Já o preço do aluguel de salas comerciais caiu 0,10% em janeiro na comparação com o mês anterior. No acumulado dos 12 meses a baixa ficou em 3,51%.

Somente duas das quatro cidades tiveram alta nos preços da locação. São Paulo (0,13%), em que o custo chegou a R$ 43,28/m²; e em Porto Alegre (0,20%), a R$ 31,28/m². As outras duas cidades sofreram queda: Belo Horizonte (-0,59%), a R$ 30,60/m²; e Rio de Janeiro (- 0,45%), a R$ 41,97/m².

Quer saber mais sobre o mercado imobiliário? Leia:

Mercado imobiliário de São Paulo volta a crescer após três anos

Imóvel poderá ser usado para quitar dívida tributária junto à União

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro