• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Novo corredor de ônibus em Curitiba começa a operar no fim de março

Novo corredor de ônibus em Curitiba começa a operar no fim de março

“Ligeirão”, como é conhecido na cidade, terá 11 km de extensão e menos paradas do que as linhas comuns, viabilizando a ligação de dois terminais em apenas 25 minutos

Texto: Nathalia Lopes

“Ligeirão” Norte-Sul, como é conhecido na cidade, terá 11 km de extensão e menos paradas, viabilizando a ligação entre terminais em apenas 25 minutos

corredor de ônibus ligeirão, em Curitiba, será inaugurado no próximo domingo
A Prefeitura espera concluir todas as obras até 2020 (Crédito: Marcio Jose Bastos Silva/Shutterstock.com)

15/03/2018 | 12:47 – A primeira etapa do corredor de ônibus Norte-Sul do chamado ligeirão”, em Curitiba, será inaugurado no próximo dia 28 de março, aniversário de 325 anos da cidade. O novo trecho de 11 quilômetros vai interligar o Terminal Santa Cândida e a Estação Bento Viana, localizada na Avenida Sete de Setembro e terá oito pontos de embarque e desembarque nesta primeira fase.

Com o novo acesso, que também terá novos ônibus biarticulados, espera-se que o percurso todo leve entre 20 e 25 minutos; metade do tempo atual, com 16 estações, e atenda 36 mil passageiros por dia.

Segunda etapa

A Caixa Econômica Federal aprovou o montante de R$ 15 milhões para cinco projetos da segunda etapa da linha direta Norte-Sul. O investimento contempla intervenções no eixo de transporte da Avenida República Argentina, que permitirão ultrapassagem de forma alternada nas estações Silva Jardim, Dom Pedro I, Morretes, Carlos Dietzsch (Igreja do Portão) e Itajubá. Já os projetos que ligariam de forma completa a Linha Direta Norte-Sul, desde o Terminal Santa Cândida ao Pinheirinho, estão aguardando a liberação de recursos do Governo Federal.

A estimativa, considerando o tempo de aprovação dos projetos, liberação de recursos e tempo de execução, é que a linha esteja operando até 2020. Quando pronto, o corredor vai contar com 13 paradas e atenderá 100 mil passageiros por dia.

Quer saber mais sobre transporte? Leia:

Governo Federal libera verba para obras de mobilidade em 49 cidades

Consórcio estuda trem de passageiros entre capital e interior de SP

Consórcio é notificado para retomar obras do metrô de SP até março

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro