• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > Prefeitura assina contrato para ampliar parque do Museu do Ipiranga

Prefeitura assina contrato para ampliar parque do Museu do Ipiranga

Parque da Independência, na zona Sul da capital, terá mais 26 mil m² com novos caminhos, playground, equipamentos de ginástica, jardim e iluminação

Texto: Yuri Soares

Parque da Independência, na zona Sul da capital, terá mais 26 mil m² com novos caminhos, playground, equipamentos de ginástica, jardim e iluminação


Em março, as gestões municipais e estaduais de São Paulo haviam anunciado que a área do Parque seria integrada ao processo de restauração do Museu do Ipiranga (Créditos: Vinicius Bacarin/ Shutterstock)

09/05/2019 | 16:04 - A Prefeitura de São Paulo assinou um contrato para a primeira fase de ampliação do Parque da Independência, localizado no bairro do Ipiranga, na zona sul da capital paulista. Com custos avaliados em R$ 1,6 milhão, as obras irão permitir um acréscimo de aproximadamente 26 mil m² na área do complexo, que atualmente é de 161 mil m².

A reforma, que ficará sob responsabilidade da empresa FFL, inclui a abertura de novos caminhos, playground, equipamentos de ginástica, jardim e iluminação. A previsão é de que os trabalhos sejam finalizados em oito meses.

Criado em 1909, o Parque da Independência é tombado pelos órgãos de defesa do patrimônio cultural em nível municipal, estadual e federal. O espaço inclui jardins e fontes, além do Monumento da Independência, o Museu Paulista – mais conhecido como Museu do Ipiranga – e o Museu de Zoologia.

Em março, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e o governador do Estado, João Doria, haviam anunciado que a área do Parque seria integrada ao processo de restauração do Museu do Ipiranga.

O museu passa por restaurações desde 2013. O objetivo é triplicar a capacidade anual de visitação do espaço, passando dos 300 mil registrados, para 900 mil. O projeto total está avaliado em R$ 160 milhões. Segundo a gestão estadual, R$ 36 milhões já foram captados com o apoio da EDP (empresa de distribuição de energia elétrica), a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e o banco Itaú para as obras de restauração do museu.

O Novo Museu do Ipiranga deve ser inaugurado em 2022, ano do bicentenário da Independência do Brasil.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro