• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > > SP irá investir R$ 80 mi em requalificação do Vale do Anhangabaú

SP irá investir R$ 80 mi em requalificação do Vale do Anhangabaú

Projeto inclui a implantação de uma série de estabelecimentos comerciais no local, como cafeterias, floriculturas e quiosques, além de áreas verdes e mobiliário urbano

Texto: Yuri Soares

Projeto inclui a implantação de uma série de estabelecimentos comerciais no local, como cafeterias, floriculturas e quiosques, além de áreas verdes e mobiliário urbano


A reforma inclui, ainda, melhora da mobilidade urbana e aprimoramento da infraestrutura da região (Créditos: divulgação/ Prefeitura de São Paulo)

18/06/2019 | 09:17 - A Prefeitura de São Paulo iniciou as obras de requalificação do Vale do Anhangabaú, localizado no centro da capital paulista. A região irá receber uma série de estabelecimentos comerciais (cafeterias, floriculturas, quiosques etc.), áreas verdes e mobiliário urbano. A ação integra um amplo processo de revitalização do centro feito pela gestão municipal, que visa a tornar os espaços públicos na região atrativos para uso cotidiano da população.

O projeto do Vale do Anhangabaú foi elaborado por meio de um processo participativo, iniciado em 2013, que contou com a participação de uma série de profissionais. A previsão é de que as obras tenham investimento de aproximadamente R$ 80 milhões, oriundos do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano (FUNDURB), e sejam entregues em junho de 2020.

A reforma inclui melhora da mobilidade urbana da região, com a valorização da circulação de pedestres e a qualificação da conexão entre espaços culturais e meios de transporte público. Será realizado, ainda, um aprimoramento da infraestrutura do Vale, que ganhará sistema LED de alta eficiência energética em diversos pontos de iluminação, além de novas galerias técnicas e banco de dutos, para o enterramento da rede de energia e de telecomunicações.

Outro destaque do projeto será a instalação de 850 pontos de jatos d’água para melhorar o microclima do espaço. A água será organizada em diversas zonas que poderão ser ligadas e desligadas, conformes a demanda e situação do uso do local.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro