• Busque fornecedores, produtos e matérias

Produto indisponível

O produto que você buscou se encontra indisponível no momento.

> > > Tragédia em Brumadinho (MG) motiva propostas na Câmara dos Deputados

Tragédia em Brumadinho (MG) motiva propostas na Câmara dos Deputados

Parlamentares apresentaram oito projetos de lei e cinco requerimentos relacionados ao desastre, além do pedido de criação de uma CPI

Texto: Yuri Soares

Parlamentares apresentaram oito projetos de lei e cinco requerimentos relacionados ao desastre, além do pedido de criação de uma CPI


Catástrofe em Brumadinho deixou, até o momento, 157 mortos e 182 desaparecidos (Créditos: Lucas Hallel/Funai)

11/02/2019 | 10:15 - A Câmara dos Deputados recebeu diversas propostas motivadas pelo rompimento da barragem em Brumadinho (MG). Oito projetos de lei e cinco requerimentos relacionados ao desastre, além de um pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), foram apresentados pelos parlamentares. A tragédia, até o momento, deixou 157 mortos e 182 desaparecidos.

Os oito projetos de lei apresentados sugerem alterações na Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB - Lei 12.334/10). A principal alteração é o aprimoramento das regras gerais obrigatórias para construção e desativação de barragens de rejeitos de mineração.

Um dos projetos apresentados, o PL 188/19, de autoria do deputado Rogério Correia (PT-MG), por exemplo, proíbe a utilização do método de alteamento a montante para a construção. A técnica é a mesma utilizada na barragem de Brumadinho. A proposta estabelece, ainda, a obrigatoriedade de contratação de seguro contra o rompimento ou vazamento de barragens.

Outro projeto em destaque é o PL 336/19, da deputada Carmen Zanotto (PPS-SC), que inclui entre os objetivos do PNSB a definição de procedimentos emergenciais a serem adotados em caso de acidente ou desastre, incluindo o Plano de Ação de Emergência e a implantação de sistema de alerta às populações que vivem abaixo da barragem.

Já os cinco requerimentos apresentados propõem a criação de comissões externas de deputados, visando reconsiderar as atuais normas de construção, manutenção e fiscalização de barragens de rejeitos de minérios do País.

Apesar disso, desde o dia 29 de janeiro, já está em funcionamento uma comissão externa criada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para acompanhar e fazer um diagnóstico da real situação das barragens no Brasil.

Com relação ao pedido de criação de uma CPI, protocolado pela Joice Hasselmann (PSL-SP), o objetivo seria investigar as causas e punir os culpados pela catástrofe de Brumadinho. A deputada afirma que cerca de 200 assinaturas, mais do que as 171 necessárias para instalar a comissão, já foram coletadas.

Veja mais sobre as últimas notícias envolvendo a tragédia de Brumadinho

Barreiras de contenção de rejeitos já operam no Rio Paraopeba

Justiça determina que Vale pare de lançar rejeitos em oito barragens

Vale anuncia projeto para reter detritos de barragem que rompeu

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro