• Busque fornecedores, produtos e matérias
O portal da Arquitetura,
Engenharia e Construção
Receba Boletins e Informativos. Saiba mais
Fechar


  • Home

  • Seta CimaFornecedores
  • Seta CimaProdutos
  • Seta CimaArquitetura
  • Canais
  • Seta CimaRevista Digital
  • Seta CimaWeb Seminários
  • Seta CimaConexão AEC
  • Seta CimaBlog
  • cotar produto
Seta Direita

Busca por Fornecedor ou ProdutoUtilize a barra de busca para procurar
o fornecedor ou produto que você deseja!

> > > Vendas de materiais de construção podem subir 8,5% em 2018

Vendas de materiais de construção podem subir 8,5% em 2018

A perspectiva é da Anamaco, que se baseia em fatores como redução das taxas de juros e inflação, aumento de empregos e reforma tributária, que deve ser aprovada este ano

Texto: Nathalia Lopes

A perspectiva é da Anamaco, que se baseia em fatores como redução das taxas de juros e inflação, aumento de empregos e reforma tributária, que deve ser aprovada este ano


A pesquisa da instituição ainda revelou que 37% dos lojistas devem investir em 2018 (crédito urfin/shutterstock)

04/01/2018 |16:57A Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco) prevê aumento de 8,5% nas vendas do varejo de materiais de construção em 2018. A expectativa é embasada pelo crescimento de 6% das vendas de 2017 em comparação com 2016 – em números, isso significa um faturamento de R$ 114,5 bilhões.

Segundo o presidente da Anamaco, Cláudio Conz, o ano de 2016 foi um dos piores da história da instituição. Apesar disso, 2017 conseguiu fechar com um faturamento muito próximo de 2015, que teve lucro de 115 bilhões. A perspectiva positiva para 2018 deve-se, também, à redução das taxas de juros e da inflação, ao aumento de empregos e à aprovação da reforma tributária, que será votada este ano.

Ainda de acordo com a pesquisa Tracking Anamaco, 37% dos lojistas pretendem fazer investimentos nos próximos anos e 12% querem aumentar seu quadro de funcionários. A apuração é realizada em parceria com a Associação Nacional Fabricantes Cerâmicas Revestimento (Anfacer), Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati) e Instituto Crisotila Brasil.

Quer saber mais sobre materiais de construção? Leia:

Cartão Reforma prioriza municípios atingidos pela chuva

Inflação da construção civil desacelera em outubro, diz IBGE

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins.

Complete seu cadastro