Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

4 praias artificiais que invadiram o Brasil

Areia que não esquenta, piscinas com ondas e tecnologia de ponta. Modelo alia diversão e prática de surfe

Publicado em: 03/03/2023Atualizado em: 30/10/2023

Texto: Agatha Menes do Nascimento

Piscina da Praia da Grama
As praias artificiais se tornaram o novo paraíso dos brasileiros (Foto: Divulgação/Praia da Grama)

Praias paradisíacas com areia branquinha, coqueiros e ondas perfeitas são o sonho de muitas pessoas. Porém, muitas vezes esses paraísos são distantes e não tão perfeitos assim, afinal, quem nunca queimou o pé na areia quente ou ficou horas no mar esperando a onda ideal aparecer?

Pensando nisso, as praias artificiais estão cada vez mais ganhando terreno. Seja em países como Emirados Árabes, África do Sul, China ou França, elas prometem todas as vantagens das praias naturais sem os seus “perrengues”.

A boa notícia é que o Brasil não ficou de fora! Conheça as principais praias artificiais do país:

1. PRAIA DA GRAMA

Piscina da Praia da Grama de cima
A Praia da Grama tem areia que não esquenta e 30 tipos de ondas (Foto: Divulgação/Praia da Grama)

Localizada em Itupeva, interior de São Paulo, a Praia da Grama está cercada pela vegetação da Mata Atlântica.

Situada dentro de um condomínio residencial, essa praia artificial tem uma orla com quase 1 km de areia que não esquenta, beach club, beach tennis e piscina com raia.

Destaque, também, para uma piscina que oferece 30 tipos de ondas, que ocorrem a cada oito segundos, sendo ideal para quem deseja praticar surfe ou apenas se divertir. A tecnologia é silenciosa e permite que cada onda dure por 16 segundos.

2. SURFLAND BRASIL

Piscina da Surfland Brasil
O Surfland Brasil terá uma praia artificial do tamanho aproximado de 20 piscinas olímpicas (Foto: Divulgação/Surfland Brasil)

Considerado o primeiro clube e resort em multipropriedade do mundo com piscina de ondas para surfe, o Surfland Brasil terá, em 2023, novos apartamentos, lojas, restaurantes, pista de skate e diversos tipos de quadra.

Localizada em Garopaba (SC), a praia artificial tem o tamanho aproximado de 20 piscinas olímpicas. Ela receberá a tecnologia Wavegarden Cove 2.0, que transmitirá ondas a cada quatro segundos para manobras de surfe mais arrojadas, como tubos e aéreos.

3. BOA VISTA VILLAGE

Piscina da Boa Vista Village
O Boa Vista Village possui o plano de ter a mais longa onda artificial do mundo (Foto: Divulgação/JHSF)

Situado a menos de uma hora de São Paulo, em Porto Feliz, o Boa Vista Village é um condomínio residencial com mais de 2 milhões de m². As áreas comuns foram projetadas pelos renomados arquitetos Sig Bergamin e Pablo Slemenson.

Com campo de golfe, centro de tênis, spa internacional e fazendinha, o lugar é ambicioso: tem planos de ter a mais longa onda artificial de alta performance do mundo. Atualmente, o empreendimento utiliza a tecnologia PerfectSwell®, que pode produzir todo tipo de onda.

4. BEYOND THE CLUB

Piscina da Surfland Brasil
Localizado no meio de São Paulo, o Beyond the Club terá aulas de surfe para iniciantes (Foto: Divulgação/Beyond the Club)

Conhecido por ter a primeira piscina de ondas – e a primeira praia artificial – da cidade de São Paulo (SP), o Beyond the Club terá, até 2025, mais de 70 mil m² de área útil. O projeto é do escritório aflalo/gasperini Arquitetos.

Assim, o condomínio contará com academia, brinquedoteca, sala de games, simuladores de ski, restaurantes, espaço pet, escola de surfe e outras comodidades.

A praia artificial com ondas utiliza o sistema Cove 2.0. Em breve, terá mais de 25 tipos de ondas a cada quatro segundos e areia que não esquenta – tudo isso com tecnologia silenciosa, sem vibrações e com tratamento de água.