Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

A beleza e versatilidade do vidro impresso

Fábricas vêm investindo em mudanças, como o aumento das dimensões das chapas, desenhos inovadores e texturas mais suaves<br>

Publicado em: 27/02/2009

Texto: Redação AECweb

Fábricas vêm investindo em mudanças como o aumento das dimensões das chapas, desenhos inovadores e texturas mais suaves

Redação AECweb
CMS: Classificação de Materiais e Serviços > Janelas, Portas e Vidros > vidros > vidros impressos

A beleza e versatilidade do vidro impresso

O vidro impresso passou por visível salto evolutivo nos últimos anos no Brasil. Conhecido no passado pelas padronagens do tipo canelado e floral, ganhou as áreas nobres de edifícios e residências, e conquistou arquitetos e decoradores. “Os fabricantes de vidro impresso têm se empenhado em criar texturas modernas e elegantes que combinem com diferentes estilos de projetos”, aponta Kátia Sugimura, coordenadora de marketing da Saint-Gobain Glass.

 Exemplos disso são as linhas SGG MASTERGLASS®, produzida pela Saint-Gobain Glass alemã, em seis texturas exclusivas com massa de vidro claríssima, voltada para um público sofisticado e exigente, a linha SGG DECOR-LITE®, que tem chapas com desenhos diferenciados como o SGG TETRIS®, muito contemporâneo, com grupos de pequenos quadrados sobre uma textura que lembra a do linho, e o SGG RIDEAU®, que remete à beleza de uma cortina de água”, explica Kátia.

Além das ações de marketing para apresentar ao mercado a nova roupagem do vidro impresso, as fábricas vêm investindo em mudanças como o aumento das dimensões das chapas, novos desenhos que fogem aos padrões convencionais e texturas mais suaves, que permitem beneficiamentos como a têmpera, para aplicações em áreas muito maiores, antes impossíveis para os vidros impressos. De espessura, tamanho da chapa e desenho da textura variáveis, o impresso é um material muito versátil, com milhares de opções de aplicações na decoração, na indústria moveleira e na construção civil, para projetos comerciais e residenciais.

“Pode ser utilizado em janelas, vidraças, divisórias, coberturas, pisos, escadas, móveis e em uma infinidade de elementos decorativos”, diz a coordenadora. Dependendo da textura, o vidro impresso pode ser beneficiado com têmpera, serigrafia, pintura a frio, laminação com PVB ou com resina líquida, espelhação, aplicação de películas e curvação, de acordo com a necessidade da aplicação. “O novo site da Saint-Gobain Glass (www.saint-gobain-glass.com.br) disponibiliza essas e outras informações técnicas sobre cada um dos produtos produzidos por nós, com exemplos de aplicações que vão desde as tradicionais até as mais inusitadas”, diz.

Kátia Sugimura destaca que há dois tipos de pinturas que podem ser realizadas em vidros planos impressos: a pintura a frio, geralmente com tinta epóxi na superfície lisa do vidro impresso, é recomendada para revestimento de paredes e de móveis. “Pode ser feita tanto no vidro impresso já temperado como no vidro impresso comum, possibilitando o corte para ajustes milimétricos”, ensina.  Outra opção é a serigrafia, que consiste na aplicação de esmalte cerâmico na superfície lisa do vidro impresso através de uma tela de silk-screen. O vidro serigrafado possui as mesmas características técnicas do vidro temperado, com uma camada de tinta altamente resistente à abrasão. Suas principais aplicações são revestimentos de móveis e de paredes, além de tampos de mesa.

A beleza e versatilidade do vidro impresso

De acordo com as normas
Não há restrições quanto a utilização de vidros planos, impressos ou não, contanto que sejam observados todos os quesitos quanto à instalação, folgas, calços, rebaixo e dimensionamento das peças, conforme a norma NBR 7199 da ABNT sobre vidros na construção civil. “Também é imprescindível que a chapa de vidro seja beneficiada de acordo com a necessidade da aplicação, com processamentos como laminação e têmpera, que aumentam a resistência do material”, diz ela. Quanto às dimensões, os vidros impressos da Saint-Gobain Glass estão disponíveis em 3/4, 4, 6, 7/8 e 9/10 mm, dependendo da textura, e em chapas que vão de 190 X 170 cm a 330 X 204 cm, também variando de padrão para padrão.


Especificação

Ao especificar vidros, devem ser observados três fatores:

-o tipo do vidro a ser usado – se liso (float) ou impresso; colorido ou incolor; laminado; temperado; ou comum;

- de acordo com a aplicação e a forma de fixação - parafusado, encaixilhado, spider glass;

-a espessura mínima do vidro para cada utilização, que deve ser considerada de acordo com a norma NBR 7199, e o efeito estético desejado.


“A aplicação exige cuidados quanto a folgas, calços, rebaixo e dimensionamento das peças, além de verificar se a chapa de vidro utilizada recebeu todos os beneficiamentos necessários à aplicação a que se destina”, lembra a coordenadora de Marketing.

Delicada beleza
O SGG SPOT®, antes disponível apenas na espessura 7/8 mm e agora lançado pela Saint Gobain com ¾ mm, é inspirado na beleza da chuva. “As gotas de água impressas na chapa não têm direção de corte, ou seja, apresentam a mesma distância tanto na horizontal quanto na vertical, proporcionando melhor aproveitamento”, relata, acrescentando que o produto ser temperado, serigrafia, receber pintura a frio, espelhação, laminação, aplicação de películas e curvação. “Assegura um acabamento estético interessante para composições de envidraçamento em decoração, móveis e na construção civil. Pode ser utilizado em janelas, vidraças, coberturas (quando laminado),  móveis e em uma infinidade de elementos decorativos”, conta Katia Sugimura.

O arquiteto Carlos Marsi empregou o padrão SGG MASTER-CARRÉ®, da linha SGG MASTERGLASS®, na 22ª edição da Casa Cor em 2008, em São Paulo, em um dos principais ambientes do evento: a Praça de Boas Vindas. Os visitantes foram recepcionados no gazebo da praça, onde se destacava o piso de vidro. O mesmo tipo de vidro, laminado com PVB, fecha toda a fachada de um edifício comercial em Tóquio. “Outra aplicação interessante, desta vez com o SGG MASTER-RAY®, também da linha SGG MASTERGLASS®, é uma escada caracol em uma clínica estética no México”, conclui.

Redação AECweb
CMS: Classificação de Materiais e Serviços > Janelas, Portas e Vidros > vidros > vidros impressos


Guia de Fornecedores
Utilize este serviço para encontrar os principais fabricantes, distribuidores e revendedores

Especificação Online
Consulte para obter catálogos e encontrar novidades sobre produtos e serviços

Construcompras
Faça cotações com agilidade e receba respostas no mapa de comparação