Confira dicas essenciais para alugar um andaime com segurança

O responsável pela obra deve informar as características da fachada, os serviços a serem realizados, se há interferências como marquises e desníveis, entre outros aspectos

Publicado em: 18/05/2018

Texto: Redação PE


Locadoras bem estruturadas possuem equipe técnica para orientar na montagem e fazer inspeções periódicas nos andaimes (Lisa S./ Shutterstock)

A locação de andaimes é uma tarefa a ser planejada com critérios. Os cuidados começam na seleção do equipamento e da empresa locadora e se estendem às condições de segurança dos equipamentos. Por isso, o preço de locação não pode ser a única determinante para esse tipo de contratação.

Atualmente, há uma oferta excessiva de locação de andaimes, fazendo com que os preços de locação fiquem muito baixos e haja muita disponibilidade nas locadoras. De acordo com o raciocínio de José Antônio S. de Miranda Carvalho, diretor da Ergo Escoramentos, isso serve como sinal de alerta. “Uma grande quantidade de equipamentos ociosos pode significar baixa manutenção preventiva, o que impacta diretamente nas condições de segurança do equipamento”. Carvalho também é presidente do Sindicato das Empresas Locadoras de Equipamentos, Máquinas, Ferramentas e Serviços Afins do Estado de Minas Gerais (Sindileq-MG).

Normalmente, o prazo mínimo de locação é de 30 dias e há obras em que o cliente opta pela montagem do andaime conforme a construção avança. Nesse caso a quantidade de andaimes aumenta com o passar do tempo, embora a contratação seja feita uma única vez, já que esses equipamentos são necessários para o trabalho em altura nos mais diversificados projetos. Um andaime fachadeiro, por exemplo, é alugado por metro quadrado, enquanto um andaime suspenso se loca pela quantidade de conjuntos e altura do cabo de aço.

DIMENSIONAMENTO

A escolha correta do andaime depende de informações sobre a obra onde ele será utilizado. Altura, tipo e características de fachada, serviços a serem realizados e interferências no apoio – como marquises, portas de garagem, circulação de pedestres e desníveis – estão entre os principais aspectos a serem considerados.

Uma grande quantidade de equipamentos ociosos pode significar baixa manutenção preventiva, o que impacta diretamente nas condições de segurança do equipamento
José Antônio S. de Miranda Carvalho

Carvalho acrescenta outras variáveis que precisam ser analisadas no momento de escolher o andaime, como carga de trabalho, proximidade da rede elétrica e especificidades das vias urbanas, como largura da calçada. “A empresa que vai utilizar o andaime na obra precisa informar com clareza ao locador qual o tipo de serviço a ser realizado, o tempo de execução e a disponibilidade necessária do equipamento na obra”, explica.

Ainda de acordo com o diretor da Ergo Escoramentos, muitas locadoras não possuem profissionais disponíveis para atuar na área técnica ou de segurança. Essas empresas atuam exclusivamente na locação de bens móveis. “Ainda assim, os andaimes são equipamentos cuja contratação deveria, obrigatoriamente, ser supervisionada pela equipe técnica da obra. Por melhor intencionado que o cliente esteja, ele nem sempre tem formação técnica adequada para avaliar a qualidade do que lhes é ofertado. Simplesmente liga para as empresas fornecedoras e monta uma planilha de preços”, detalha Carvalho.

SEGURANÇA

As locadoras de equipamentos mais estruturadas dispõem de equipe técnica capacitada para elaborar projetos, orientar e liberar a montagem, bem como fazer inspeções periódicas na obra. Cabe ressaltar que a checagem dos procedimentos de segurança dos andaimes é tarefa diária do corpo técnico da construtora.

Para os usuários se certificarem se os produtos realmente atendem às normas de segurança exigidas, podem consultar documentos como a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) emitida pelo fabricante do equipamento, projeto técnico de montagem elaborado por profissional legalmente habilitado baseado na ART, além de checar o histórico de revisão e manutenção.

A manutenção dos andaimes é primordial e necessária, não só por segurança, mas também pelo aspecto visual e boa impressão que devem causar
Ronaldo Ertel

As empresas mais organizadas oferecem aos clientes um acompanhamento de montagem e emissão de relatórios técnicos, liberando o equipamento para uso. Também há opção de se contratar empresa especializada e terceirizar o serviço de montagem. As normas técnicas e de segurança (ABNT e Ministério do Trabalho) dão base para uma utilização segura dos andaimes.

ACESSÓRIOS

Ronaldo Ertel, presidente da Associação de Locadores de Equipamentos e Bens Móveis (Alec), informa que existe a obrigatoriedade de alguns acessórios para uso dos andaimes, como escadas, pisos, guarda-corpos, rodas ou sapatas. “Esses elementos são fundamentais e precisam ser fiscalizados, assim como a orientação para a altura correta e proporcional”, diz ele.

“A NR 18 possui uma tabela com o check list das exigências que obrigatoriamente devem ser seguidas. Para os andaimes suspensos ou balancins, é necessária a visita técnica para a orientação de fixação e sustentações dos mesmos. Os locadores conhecem os procedimentos e certamente podem orientar o cliente sobre esses aspectos, mas aconselho sempre a contratação de profissionais para montagem dos andaimes suspensos, para garantia de agilidade e segurança, já que são capacitados com cursos específicos na área”, sugere.

A maioria dos associados da Alec aluga andaimes e, segundo ele, aqueles que recebem o selo Alec são especialistas nesse trabalho. “A manutenção dos andaimes é primordial e necessária, não só por segurança, mas também pelo aspecto visual e boa impressão que devem causar. Para as empresas locatárias, o raciocínio deve ser o mesmo: conservar bem e fazer a manutenção adequada dos equipamentos enquanto estiverem em suas obras”, aconselha.

DICAS IMPORTANTES

  • Os responsáveis pela obra devem dar a devida atenção para as normas de segurança, tanto para a montagem quanto para utilização do andaime.
  • Deve-se evitar fazer a contratação baseando-se somente no preço. É preciso considerar a capacidade técnica do fornecedor.
  • Inspeções periódicas e treinamento para as pessoas que trabalham sobre andaime são fundamentais, principalmente em obras de longa duração.
  • Durante a utilização dos andaimes, alguns trabalhadores costumam anular determinados dispositivos de segurança, seja para facilitar o trabalho ou mesmo por falta de conscientização. Essas atitudes não podem acontecer e a fiscalização deve estar sempre atenta.
  • Andaimes suspensos precisam ter os cabos de aço rotineiramente verificados.
  • A fixação dos andaimes na edificação deve ser motivo de estudo detalhado, bem como os pontos de fixação dos cintos de segurança para proteção dos trabalhadores.

 

Leia também:

Segurança de trabalho em altura depende da escolha correta de equipamentos
Montagem de andaime fachadeiro deve ser precedida de planejamento

COLABORAÇÃO TÉCNICA

José Antônio S. de Miranda Carvalho, diretor da Ergo Escoramentos e presidente do Sindicato das Empresas Locadoras de Equipamentos, Máquinas, Ferramentas e Serviços Afins do Estado de Minas Gerais (Sindileq-MG)

Ronaldo Ertel, presidente da Associação de Locadores de Equipamentos e Bens Móveis (Alec)