Confira os destaques do Concrete Show 2016

Evento foi realizado na capital paulista entre os dias 24 e 26 de agosto

Publicado em: 29/08/2016Atualizado em: 31/08/2016

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

O São Paulo EXPO foi o palco da décima edição do Concrete Show South America. Realizado entre os dias 24 e 26 de agosto, o evento contou com mais de 500 marcas, nacionais e internacionais, representando mais de 150 setores. Os expositores apresentaram diversas novidades para o setor do concreto e da construção civil, de serviços até maquinários pesados. Além da feira, foram disponibilizados cursos e seminários no Concrete Congress.

novos-projetos-corporativos
Crédito: Portal AECweb

O evento apresentou um ambiente favorável para o networking entre as empresas. “Acreditamos que é a partir da interação entre as empresas prestadoras de serviços e de equipamentos da cadeia do cimento que o setor conseguirá soluções atrativas para os seus consumidores”, afirma Renan Joel, gerente da Concrete Show.

Novidades

mesas-compartilhadas
Divulgação: Viapol

A Viapol apresentou em seu estande o aditivo Plastoflow, que garante a manutenção do concreto fluído sem perda da resistência. “Esse aditivo ajuda a prolongar o tempo de manutenção. Vamos usar o exemplo de São Paulo, onde há lentidão no trânsito: da concreteira até a obra, o produto pode ser prejudicado, devido ao tempo prolongado necessário para o transporte. Já com o Plastoflow você consegue aumentar esse tempo sem perder as características dele”, explica Jorge Queiroz Filho, coordenador de Marketing da Viapol. Com mais de 800 produtos em seu portfólio, a empresa ainda apresentou outras soluções, como os pisos industriais Flowcrete e a linha de fibras de reforço para concreto.

Com foco nas soluções para paredes de concreto, a Polar apresentou produtos inovadores, atendendo às áreas de elétrica, hidráulica e de climatização. Entre os lançamentos, destaca-se o sistema para lajes, conforme explica Mauro Landi, diretor de marketing e vendas da empresa: "O sistema de conectores de tubos para laje permite ter uma gabaritagem nos pontos de passagem de tubulação de maneira rápida e simples. É uma linha bem diversificada, com todos os diâmetros para água e esgoto, que também pode ser utilizada em paredes para passagem de gás”.

Com testes demonstrando o desempenho em tempo real, a MC-Bauchemie apresentou em seu estande quatro produtos. O acabamento para concreto Concrete Finish, a argamassa colante branca para edificações M12, o Rejunte Acrílico M44 e o revestimento para pisos industriais MC-DUR 2500 – este último foi o destaque do estande. “Trata-se de um sistema à base de poliuretano modificado, monolítico e com grandes resistências mecânica e química. Possui aplicação simples, proporciona segurança e dispensa pinturas de acabamento”, expõe William Mititaka, coordenador de produtos da MC. A empresa ainda participou do Concrete Congress com seminários apresentados pelos engenheiros e gerentes de produto Emílio Takagi e Holger Schmidt.

novos-projetos-corporativos
Divulgação: MC-Bauchemie

EPS+Concreto

O estande da Arxx ficou bastante movimentado durante a Concrete Show. O lançamento da empresa no mercado brasileiro é o ICF, um sistema de fôrmas termoacústicas para concreto. No mercado internacional há 38 anos, o produto reduz a mão de obra e o tempo de construção em até 60% e o desperdício de materiais em mais de 90%. Também é capaz de garantir até 75% de economia com custos energéticos nas edificações. “Ele agrega as vantagens do isolamento térmico e acústico e pode reduzir até 25% do custo final da obra, dependendo da sua complexidade”, destaca Marcelo Orçati, diretor técnico da Arxx.

O momento é do setor reinventar-se para se adaptar à nova realidade econômica do país, que considero promissora
Jean-François Quentin – Presidente da UBM Brazil

A Teknolajes apresentou as fôrmas perdidas de EPS (Poliestireno Expandido) para concreto, que podem ser utilizadas não apenas para lajes, mas também para coberturas, sacadas, varandas, telhados, base de pavimentos, contrapisos e para a impermeabilização. Além de proporcionar maior velocidade durante a montagem e não necessitar de equipamentos durante a sua aplicação, o produto ainda reduz o custo final da obra. “Composto 100% em EPS, mais conhecido como isopor, nosso produto é extremamente leve, gerando economia de até 20% quando comparado às lajes maciças, de lajotas ou até mesmo lajes nervuradas”, destaca André Hernandez, representante comercial da Teknolajes.

Veículos

A Volvo apresentou o VM 32Ton, caminhão indicado para trabalhos de terraplenagem, mineração leve e construção com PBT (Peso Bruto Total) de 32 toneladas – isso equivale a 5,4 t a mais em relação ao seu antecessor. O veículo garante alta disponibilidade, baixo consumo de combustível, baixa manutenção e cabine de fácil acesso. “É um setor que precisa de caminhões com capacidade de carga intermediária e adequada a aplicações nas quais a intensidade e a severidade não exigem veículos de maior potência”, explica Álvaro Menoncin, gerente de vendas da Volvo.

Divulgação: Volvo

De cara nova, a Schwing-Stetter apresentou seus equipamentos com tamanho, peso e design modificados. “Todos os modelos fabricados no Brasil foram repaginados para os clientes obterem o melhor custo operacional e e a melhor produtividade possíveis”, destaca Luiz Polachini, gerente comercial da Schwing-Stetter na América do Sul. Pensando na praticidade, a marca expôs o caminhão AM 8 FBP, que alia características de uma betoneira e de uma bomba para concreto. “A bomba de concreto é acoplada dentro da betoneira, entre o balão e o chassi. Devido ao posicionamento centralizado da bomba, ela garante uma maior estabilidade nas curvas”, explica Quintino Melo, supervisor de pós-vendas da Schwing-Stetter.

Crédito: Portal AECweb

Relacionamento com o cliente

O estande da Votorantim Cimentos (VC) teve como destaque a linha de cimento Obras Estruturais, que é indicado para aplicação em fundações, pilares, vigas e lajes. Além do produto, o estande apresentava imagens de grandes obras da cidade de São Paulo – Viaduto do Chá, o Aeroporto de Guarulhos e a Arena Corinthians – nas quais produtos da Votorantim foram utilizados. Mas o principal foco da empresa foi o relacionamento com o público. “A Votorantim nunca deixou de estar presente, mesmo nos períodos mais difíceis, e o Concrete Show é um ótimo lugar para estreitar o relacionamento com os clientes”, conclui Juliana Jandosa, analista de comunicação integrada de Marketing da VC.

Área externa

mesas-compartilhadas
Crédito: Ivan Ferreira

Com bastante interação com o público, a área externa da Concrete Show foi um dos destaques do evento. Contou com exposições de grandes equipamentos, demonstração do funcionamento de reciclagem de concreto, test drive de caminhões betoneira, além do desafio das escavadeiras, no qual a precisão dos equipamentos (e dos condutores) pôde ser colocada à prova.