Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Conheça os discos de cortes específicos para cada atividade da construção civil

Diamantados ou abrasivos, cada disco tem indicação apropriada de uso. Todos, porém, devem responder à necessidade de durabilidade, qualidade, segurança e conforto do operador

Publicado em: 13/09/2022

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

foto de discos de corte
(Foto: Kritchai7752/Shutterstock)

Há, no mercado, amplo leque de discos de corte para uso em grande número de atividades da construção civil. Durabilidade e qualidade são requisitos que se somam à segurança e ao conforto, além da estética que devem proporcionar. “Diante dessa variedade, é preciso entender que os discos de corte também são determinados pelo material a ser cortado, acabamento e velocidade esperada”, diz Camila Clauhs, gerente de Produtos em Materiais de Processamento da Wurth do Brasil.

É preciso entender que os discos de corte também são determinados pelo material a ser cortado, acabamento e velocidade esperada
Camila Clauhs 

Os principais discos voltados para a construção civil são os diamantados de corte, conhecidos por sua especificidade relativa a cada material. É o caso dos discos para alvenaria, que incluem concreto, pedras, tijolos e blocos. Há, também, aqueles destinados ao corte de asfalto, metal, pedras naturais (como granito, mármore, travertino, quartzito e limestone), revestimento cerâmico (como porcelanato), e pedras industrializadas (como corian, silestone, marmoglass e dekton).

“Os discos diamantados Multi Materiais (Multi Vaccum) são outra opção. Foram desenvolvidos para atender as necessidades de materiais de construção em disco único e destinado exclusivamente à agilidade de corte imediato”, afirma. São empregados no corte de granito, mármore, concreto, bloco, telha, PVC e metal, entre outros materiais.

Bandas dos discos

O acabamento e a velocidade são determinados pelos três tipos de banda do disco diamantado.

• Disco diamantado liso contínuo: para alto acabamento e baixa velocidade;
• Disco diamantado turbo: para médio acabamento e média velocidade, é considerado um coringa para a construção civil no dia a dia;
• Disco diamantado segmentado: para baixo acabamento e alta velocidade.

foto de discos de corte

“Os discos abrasivos de corte também são muito utilizados na construção civil”, complementa Clauhs.

Equipamentos

O equipamento ideal a ser utilizado corresponde ao diâmetro, furo (de encaixe) e rotação por minuto do disco de corte. “Essas especificações estão nos rótulos dos discos e devem ser seguidas”, informa, alertando que, quando usado de forma inadequada, ele pode se romper e causar acidentes de leves a graves aos operadores e a quem estiver ao redor.

Os discos diamantados e, também, os abrasivos de cortes com diâmetro até 230 mm, ou 9 polegadas, podem ser utilizados em equipamentos portáteis elétricos ou pneumáticos, como esmerilhadeira, serra mármore, policorte e cortadora de piso. Em máquinas estacionárias, são usados discos com diâmetro acima de 250 mm ou 10 polegadas.

Os discos de corte em uso

Os discos diamantados de corte podem ser empregados em atividades como corte, acabamento e instalação em pré-moldados; fundação, estrutura, alvenaria, colocação de esquadrias, impermeabilização (corte para juntas de dilatação), acabamento e instalação em obras e construções.

Os discos abrasivos de corte, fabricados em aço carbono e aço inox, além de serem empregados nas mesmas atividades dos diamantados, porém em aplicações diferentes, também podem ser usados em atividades como: desmontagem, preparação, manutenção e usinagem em setores auto e cargo; e preparação, produção, montagem e instalação em serralherias, comunicação visual, esquadrias e vidraçarias.

“Na prática, a boa utilização do disco se inicia desde o armazenamento. A exposição ao sol, chuva e até mesmo umidade interferem na vida útil e desempenho dos discos de corte”, afirma. O ideal para a conservação é manter o disco protegido na própria embalagem adquirida com o produto, ou em embalagem plástica, caixa de papelão ou lata.

Na prática, a boa utilização do disco se inicia desde o armazenamento. A exposição ao sol, chuva e até mesmo umidade interferem na vida útil e desempenho dos discos de corte
Camila Clauhs

É preciso respeitar a rotação por minuto e torque de aperto na montagem do disco no equipamento/maquinário. E seguir todas as especificações do fabricante.

Vantagens dos discos de corte

Diamantados ou abrasivos, é fundamental escolher o disco adequado ao processo. “Os discos diamantados de corte oferecem vantagens relacionadas ao processo de utilização e durabilidade, além do desempenho e acabamento”, comenta Clauhs.

Já os discos abrasivos de corte asseguram facilidade e velocidade na aplicação. Ou seja, têm bom custo-benefício e variedade de opções tanto em medidas dos discos como aplicação. São desenvolvidos respeitando os requisitos descritos e determinados nas seguintes normas técnicas:

• EN 12413 – Requisitos de segurança para produtos abrasivos.
• ANSI B7.1 – Requisitos de segurança para o uso, cuidado de proteção dos discos abrasivos.

Informações nas embalagens

“Nos rótulos dos discos são inseridas, também, informações de utilização para a segurança do operador, assim como o melhor desempenho e, consequentemente, bom resultado do trabalho”, diz, destacando:

• Medidas – diâmetro do disco, espessura do disco, diâmetro do furo (medidas em milímetros mm e polegadas);
• Rotação por minuto (RPM);
• Tipo de material a ser cortado;
• Ângulo de utilização do disco;
• Validade do disco (quando disco é abrasivo);}
• Ícone referente Isento de Ferro, Cloro e Enxofre (para discos abrasivos de corte aço inox);
• Ícones de proibições de utilização – não utilização de discos em caso de disco rompido ou danificado, não utilização de processo úmido, não utilização em ângulo x (depende do tipo de disco);
• Ícones de recomendações – equipamentos de proteções individuais EPI’s (como luvas, protetores auriculares, óculos de proteção, máscaras de proteção etc.) adequados para cada processo / atividade.

Entre as boas práticas, Camila Clauhs recomenda que discos de corte sejam operados por profissionais qualificados, que devem ficar atentos e obedecer às recomendações de uso, tanto dos discos quanto dos equipamentos portáteis ou máquinas estacionárias.

Leia também:
Equipamentos para corte de concreto garantem precisão no trabalho
Equipamento de segurança é obrigatório por lei e essencial ao trabalhador

Colaboração técnica


Camila Clauhs – Bacharel em Desenho Industrial (Design de Produto) pela Universidade São Judas Tadeu (2006), com pós-graduação MBA em Gestão de Projetos e Processos (PMBOK) pelo Centro Paula Souza (2016). É gerente de Produtos na Wurth do Brasil, responsável pelo Desenvolvimento e Gestão de Produtos nacionais e importados (América Latina e China), das principais linhas de produtos da empresa, como Discos de Corte Abrasivos e Diamantados, Brocas, Serras, Lixas, Eletrodos, Arame Mig e demais materiais de processamento.