Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Dicas práticas para conseguir uma vaga de estágio em arquitetura

Arquitetos contam o que mais valorizam na hora de selecionar profissionais em início de carreira

Publicado em: 26/05/2020

Texto: Juliana Nakamura

dicas para estágio
O estágio é uma oportunidade para aplicar na prática o que foi aprendido na faculdade (foto: goodluz/shutterstock)

O estágio é uma etapa fundamental na formação de arquitetos e urbanistas. Trata-se de uma oportunidade de aprendizado única e valiosa, uma chance de aplicar na prática os conhecimentos teóricos adquiridos na universidade e de interagir com outros profissionais e clientes.

Em muitos escritórios, os trainees podem dar suporte à parte de criação, têm a chance de sugerir ideias e soluções e, principalmente, podem adquirir conhecimentos sobre gestão de projetos. "Em função de seu grau de conhecimento e tempo de dedicação, o estagiário dá suporte supervisionado às demandas de trabalho. Além disso, ele é um elo importante entre o ambiente acadêmico e o ambiente profissional”, comenta o arquiteto Renato Dal Pian, reforçando que os aprendizes agregam aos escritórios o olhar, as percepções e as informações de sua geração.

Para o estagiário, atuar em um escritório é uma oportunidade para adquirir conhecimento e aplicar a teoria na faculdade. Para nós, empresários, temos a possibilidade de descobrir ótimos profissionais e de alcançar novas ideias, novas visões, crescendo como empresa
Aline Macedo

É como uma via de mão dupla, de acordo com a arquiteta Aline Macedo, sócia-proprietária do Studio Alta Arquitetura. “Para o estagiário, atuar em um escritório é uma oportunidade para adquirir conhecimento e aplicar a teoria na faculdade. Para nós, empresários, temos a possibilidade de descobrir ótimos profissionais e de alcançar novas ideias, novas visões, crescendo como empresa”, diz ela.

PROCESSO DE SELEÇÃO

A seleção de estagiários para escritórios de arquitetura geralmente começa com a busca de um perfil adequado às atividades que mais precisam de apoio no escritório. Segundo Macedo, durante o processo de escolha, geralmente são considerados, além do conhecimento existente, a vontade de atuar na empresa.

“Sabemos que o estagiário é um iniciante, com pouco conhecimento da profissão. De qualquer forma, esperamos que ele tenha um portfólio acadêmico que, mesmo não sendo extenso, expresse sua abordagem, reflexão e resposta às demandas dos trabalhos desenvolvidos na faculdade”, afirma Dal Pian. “No nosso caso específico, é importante que o profissional tenha familiaridade com os programas e ferramentas utilizadas em projetos de arquitetura. Ele também deve ser proativo e receptivo à compreensão de que toda tarefa a ele atribuída é sempre uma oportunidade de conhecimento”, continua Renato Dal Pian.

EVOLUÇÃO CONSTANTE

Sabemos que o estagiário é um iniciante, com pouco conhecimento da profissão. De qualquer forma, esperamos que ele tenha um portfólio acadêmico que, mesmo não sendo extenso, expresse sua abordagem, reflexão e resposta às demandas dos trabalhos desenvolvidos na faculdade
Renato Dal Pian

Mas de pouco adianta conquistar uma vaga de estágio apenas para cumprir horas exigidas. É importante saber aproveitar essa oportunidade e aprender com a rotina profissional em arquitetura.

“Na nossa área, as ideias mudam muito rápido. Portanto, é indispensável acompanhar e buscar se interessar pelas novidades, bem como ter conhecimento sobre novas ferramentas de criação”, diz Aline Macedo, que recomenda aos profissionais em início de carreira, a realização de cursos, mesmo online e gratuitos, que agreguem valor ao currículo.

Na visão de Renato Dal Pian, às vezes falta envolvimento, perseverança e busca contínua pelo conhecimento aos estagiários. Por isso, para quem busca uma oportunidade de trabalho, ele

recomenda estudar sempre e estar disponível às mais variadas formas de conhecimento, não se restringindo apenas ao campo da arquitetura. “É importante que o candidato a uma vaga dedique-se com intensidade à profissão que está escolhendo”, finaliza o arquiteto.

7 DICAS PARA QUEM BUSCA UMA VAGA DE TRAINEE

Se você é um universitário e está atrás de uma oportunidade para começar sua carreira na arquitetura, confira a seguir sete dicas que podem te ajudar bastante a alcançar o seu objetivo:

1. Capriche na elaboração de seu portfólio de desenho e de seu currículo
2. Participe intensamente da vida acadêmica, incluindo eventos e palestras. Faça trabalho voluntário. Quem quer se destacar no mercado de trabalho não pode se acomodar
3. Busque conhecer diferentes softwares de arquitetura, especialmente aqueles de renderização de imagens
4. Quando se candidatar a uma vaga, pesquise o ramo de atuação e o perfil do escritório ou da construtora. Chegue às entrevistas preparado
5. Busque aprender outros idiomas e culturas. Bagagem cultural é algo fundamental para quem almeja trabalhar com arquitetura. Ainda nessa linha, busque sempre ampliar o seu repertório, seja por meio de pesquisas, seja por meio de visitas in loco a ícones da arquitetura
6. Participe de concursos na categoria estudantil. Essa é uma boa estratégia para produzir material para colocar no portfólio
7. Tenha em mente qualidades que costumam ser valorizadas pela maioria dos contratantes: organização, comprometimento, bom relacionamento com outros profissionais e proatividade

Colaboração técnica

Aline Macedo – Arquiteta e urbanista, é sócia-proprietária do Studio Alta Arquitetura.

Renato Dal Pian
Renato Dal Pian – Arquiteto e urbanista com mestrado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Mackenzie. É sócio fundador do escritório Dal Pian Arquitetos.