Espuma expansiva: o que é, onde usar e como aplicar

Veja o que é a espuma expansiva e confira um passo a passo de aplicação do produto, usado, com eficiência, na vedação e fixação de juntas e espaços

Publicado em: 02/02/2024

Texto: Hosana Pedroso

(Foto: Viktoria/Adobe Stock)

(Foto: Viktoria/Adobe Stock)

Produzida à base de poliuretano, a espuma expansiva cura com a umidade do ar, proporcionando ótima resistência mecânica. Possui, ainda, propriedades de isolamento térmico e acústico.

“A espuma expansiva da Quartzolit é apresentada em embalagem de 500 mL, com validade de 18 meses”, explica Guilherme Anduja, especialista de Produtos na Saint-Gobain Brasil.

Veja também:

Portas de madeira precisam ter qualidade comprovada por ensaios
Isolamento acústico de estúdios exige projeto e profissionais especializados

Vantagens da espuma expansiva

Trata-se de um produto monocomponente, com ampla variedade de aplicações na construção civil e na indústria. “Tem boa aderência a diversos substratos, sendo que, depois da cura, pode ser cortado e lixado. A espuma expansiva aceita acabamentos diversos, como massa corrida, massa acrílica e pinturas em geral”, diz.

O produto não perde propriedades devido à ação da umidade do ar, além de não ser tóxico ou agressivo ao meio ambiente. Atua como isolante térmico e reduz a transmissão sonora, mas não conduz corrente elétrica, agindo como isolante elétrico. É, ainda, um elemento isento de CFC (clorofluorocarboneto).

Onde aplicar a espuma expansiva

A espuma expansiva pode ser utilizada para vedação e fixação de batentes de portas e esquadrias de janelas, além de encunhamento de alvenarias. “É empregada na proteção e isolamento de instalações em geral, como tubulações de ar-condicionado e de ventilação, caixas de luz e de telefonia”, fala.

O produto é utilizado, também, para o isolamento contra a passagem de ar e o fluxo de odores. Faz o preenchimento de cavidades em alvenarias e passagens de tubulações, além da proteção de objetos frágeis para o transporte.

E onde não aplicar?

Anduja orienta para não preencher as cavidades com espuma expandida em grandes espessuras numa única camada, pois ela expande em contato com a umidade do ar. “E jamais aplicar o produto na presença de chama ou sobre superfícies aquecidas”, alerta.

Como aplicar a espuma expansiva

A superfície deve estar íntegra, limpa, seca, com textura superficial uniforme, isenta de óleos, ou outros materiais contaminantes. Em caso de substratos com trincas ou falhas, é preciso tratá-los antes da aplicação.

“Caso haja materiais fortemente aderidos à superfície, deve ser utilizado disco abrasivo, lixas ou escovas de aço para a remoção. Pinturas antigas também devem ser removidas. Para auxiliar na limpeza e promover a saturação prévia à aplicação da espuma expandida, a superfície precisa ser lavada com água”, acrescenta.

Lata de espuma expansiva(Foto: Piotr/Adobe Stock)

Confira, a seguir, o passo a passo da aplicação:

  • Instale o bico aplicador na válvula do aerossol;
  • Agite a embalagem por aproximadamente dois minutos, posicione-a na posição inversa, ou seja, com o fundo voltado para cima e o lado do bico aplicador para baixo, e pressione a válvula levemente para liberar o produto;
  • Pressione o gatilho e preencha até 35% do vão desejado, o volume original da espuma aumentará aproximadamente 20 vezes o seu tamanho;
  • Observe se há perdas nos preenchimentos das cavidades devido à expansão;
  • Após 2 horas, a espuma expansiva pode ser cortada e lixada;
  • Use acabamentos diversos, como massa corrida, massa acrílica e pinturas em geral após 12 horas, quando atingir a cura total.

Cuidados durante a manipulação/aplicação

Ao utilizar a espuma expansiva, é importante adotar as medidas de higiene e de segurança do trabalho. “É fundamental observar as restrições quanto à exposição do produto ao fogo”, afirma. Além disso, a embalagem traz impressa a Ficha de Informação de Segurança para Produtos Químicos (FISPQ), com as indicações de limpeza e de disposição de resíduos que devem ser seguidas pelo usuário.

Colaboração técnica

Guilherme Anduja – Tem formação em Marketing e especialização em Gestão de Produtos. É especialista de Produtos na Saint-Gobain produtos para construção.