Fabricantes de máquinas e equipamentos inovam no pós-venda

Em busca de parcerias sólidas com os clientes, fabricantes de máquinas e equipamentos investem em workshops, demonstrações itinerantes, visitas técnicas e mais

Publicado em: 17/02/2016Atualizado em: 29/01/2020

Texto: Redação PE

Redação PE

 

Os fabricantes de equipamentos intensificam ações de aproximação com clientes, realizando eventos em fábricas, revendedoras, ou apresentando produtos em workshops. Essas iniciativas mostram que a desaceleração do mercado serve de estímulo para estreitar parcerias, com destaque para o pós-venda, ações promocionais e negociação diferenciada.

A Vermeer Brasil, por exemplo, vai realizar o workshop Mundo Vermeer nos dias 10 e 11 de março, na sede da empresa, em Valinhos. Nesse evento, os principais temas da linha de atuação da empresa serão discutidos e apresentados por especialistas de cada setor.

A empresa anunciou que serão apresentados todos os equipamentos dos diferentes nichos de mercado em que atua. No primeiro dia, os seminários vão abordar infraestrutura subterrânea, com palestras na área de telecom, saneamento, gás, energia elétrica, construção civil e rodovias. No dia seguinte, os temas estarão voltados para energias renováveis (eólica, solar, biomassa, florestal e meio ambiente urbano); e alimentos saudáveis (fenação, silagem e pré secado).

Proximidade decisiva e boas condições de vendas

São discutidos temas importantes em eventos como esse, e equipamentos são contextualizados em diferentes setores de aplicação. No evento da Vermeer, os visitantes vão observar máquinas que tornam operações complexas em atividades aparentemente simples, por meio de demonstrações práticas, além de poderem realizar negócios em condições especiais.

Outros fabricantes são tradicionais em levar a clientela para chão de fábrica, por meio de eventos. A Caterpillar tem uma alta frequência de público no Cat ao Vivo, um programa de visitas a fábrica em Piracicaba (SP) com agendamentos feitos por revendedores do Brasil e de outros países. De acordo com Antonio Carlos Bonassi, supervisor de assuntos corporativos da Caterpillar, essa é a principal oportunidade para clientes conhecerem a estrutura da companhia, principalmente as linhas de fabricação e montagem.

“O centro de visitantes e a área de demonstração de produtos integram a estrutura do programa”, acrescenta Bonassi. “Dentre os eventos e encontros promovidos pelos revendedores e áreas comerciais, o Cat Ao Vivo distingue-se por reunir na programação a interação com equipes da fábrica, revendedores e demais especialistas”, diz.

“O ambiente é favorável para a troca de experiências entre clientes e especialistas. Esse evento visa o entendimento das necessidades e desafios nos negócios e encontrar as melhores soluções do mercado”, pontua Bonassi.

Relacionamento com compradores de guindastes

A Sany realiza na fábrica de São José dos Campos (SP) ações para ampliar o relacionamento com clientes da área de guindastes, como eventos de apresentação de produtos. Para se ter ideia, há três anos a fabricante chegou a alcançar 35% do marketshare desses equipamentos no Brasil.

“Hoje, na turbulência que o mercado de equipamentos vive, são necessárias parcerias sólidas para viabilizar projetos em conjunto com maior competitividade”, ressalta Ricardo Barão Cunha, gerente de vendas de guindastes da Sany do Brasil.

“Nossa área de pós-venda está próxima das áreas de manutenção dos clientes, disponibilizando peças, serviços customizados e reformas de equipamentos, tudo com custos bem competitivos. Com a ociosidade do mercado, as empresas aproveitam para realizar as manutenções mais pesadas”, informa Ricardo.

De acordo com ele, os profissionais da Sany também têm se aproximado dos operadores de guindastes, com ações customizadas para suporte a eventuais dúvidas e necessidades. “É o momento de buscarmos mais satisfação dos clientes e reforçarmos as parcerias”, arremata Ricardo.

Programa oferece testes em equipamentos pelo Brasil

A New Holland Construction avança com o Programa Teste e Comprove, iniciado há três anos nos estados do Sul e que agora leva equipamentos para todo o Brasil. Essa ação tem como finalidade demonstrar na prática as qualidades da marca com a participação de vários usuários.

Segundo Marcos Rocha, gerente de marketing de produto da New Holland Construction para a América Latina, o programa atendeu a uma demanda dos clientes. “Deriva dos eventos de um ou dois dias, que já fazíamos, quando os participantes operavam as máquinas por algumas horas”, explica.

Em 2016, as atividades do Programa seguem. “A experimentação proporciona um entendimento mais detalhado do equipamento e, a partir de agora, das nossas tecnologias. O retorno tem sido positivo para a New Holland e, em algumas edições do programa, resulta em vendas imediatas. Quando elas não acontecem naquele momento, cria-se um relacionamento direto com o cliente, que passa a ter um vínculo com a marca”, conclui Rocha.

A Concresand, empresa que atua na produção de areia de quartzo para fabricação de concreto usinado, a aquisição de uma escavadeira hidráulica E385B foi efetivada logo após o período de experimentação. Ricardo Valério, sócio-gerente da empresa, estava em busca de uma máquina para realizar desmonte mecânico. “Sugeriram a escavadeira de 37 toneladas e a trouxeram para um período de demonstração na jazida. Gostei do resultado da operação na frente da lavra e optei pela compra imediata”, conta Ricardo.

 

Colaboraram para esta matéria

 

Vermeer Brasil

Ricardo Valério - Sócio-gerente da Concresand

Ricardo Barão Cunha - Gerente de vendas de guindastes da Sany do Brasil

Marcos Rocha - Gerente de marketing de produto da New Holland Construction para a América Latina

Antonio Carlos Bonassi - Supervisor de assuntos corporativos da Caterpillar