83º Encontro Nacional da Indústria da Construção discutirá PAC e Minha Casa

Texto: Redação AECweb

Evento contará com discussões de diversas temáticas relevantes ao setor, como o Programa de Inovação Tecnológica (PIT) e o Programa de Construção Sustentável (PCS)

22 de março de 2011 - O SindusCon-SP realizará, nos dias 10, 11 e 12 de agosto, a 83ª edição do Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic). O evento itinerante, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), acontecerá em uma área de nove mil metros quadrados no World Trade Center, em São Paulo. Após 30 anos sem ocorrer na capital paulista, o Enic voltará à maior metrópole da América Latina, com debates sobre os temas que contribuem para o desenvolvimento do país e do setor.

Nos três dias do evento é esperada a participação de 1.500 empresários, gestores, profissionais e especialistas de todo o país, além de autoridades. A presidente da República, ministros e outros representantes dos governos federal, estadual e municipal também são presenças tradicionais no encontro, informa o presidente da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção), Paulo Safady Simão.

O presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe, declara que "o cenário econômico de pleno emprego vivido pelo setor requer o aumento da produtividade, para conseguirmos atender a demanda sem gerar inflação. Isso somente poderá ser feito com investimentos em tecnologia. A desoneração dos investimentos e os correspondentes financiamentos para viabilizá-los tornaram-se prementes para toda a cadeia produtiva da construção. Os projetos e as propostas do setor sobre essas questões farão parte do Enic."

No lançamento do Enic à imprensa em 21 de março em São Paulo, o presidente do SindusCon-SP apresentou os dados mais recentes do setor. Eles mostram que em janeiro e fevereiro de 2011 a construção brasileira, aquecida, recuperou quase todas as vagas que haviam sido fechadas em novembro e dezembro de 2010, época em que normalmente cai o nível de emprego no setor.

Ação estratégica

A realização do Enic em São Paulo será muito estratégica, por este ser o primeiro ano das gestões dos novos governos estaduais e federal. "Vamos discutir programas de grande relevância para o setor, como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Minha Casa Minha Vida. A preparação para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 também serão tema de debates, organizados em comissões", disse o coordenador do Comitê Organizador do 83º Enic e representante do SindusCon-SP junto à Fiesp, Sergio Porto.

Outros temas como habitação, infraestrutura, práticas de sustentabilidade, inovações tecnológicas, produtividade, competitividade e capacitação de profissionais também estão na agenda do evento deste ano. Segundo Porto, o evento representará uma excelente oportunidade para discutir os atuais gargalos do setor, como a formação e qualificação de mão de obra especializada.

Também serão apresentadas as ações de importantes programas da CBIC, com destaque para o Programa de Inovação Tecnológica (PIT) e o Programa de Construção Sustentável (PCS), que visa o desenvolvimento da construção moderna, com preservação ambiental e combate às mudanças climáticas.

Sustentabilidade

O evento deste ano também terá outro diferencial: todo o seu funcionamento será apoiado por ações sustentáveis. Serão utilizados apenas papéis reciclados e as impressões dos materiais serão feitas com tintas menos tóxicas. As flores da decoração serão plantadas e não cortadas, haverá coleta seletiva e destinação de materiais à reciclagem. Além disso, o consumo de energia, geração de resíduos e a emissão de gases pelo transporte serão calculadas e compensadas pela equipe organizadora do Enic.

"Os participantes poderão colaborar com essas iniciativas devolvendo materiais e outros produtos, que não lhes serão úteis, para reutilização ou reciclagem. Banners, por exemplo, serão encaminhados a entidades que utilizam o material para confecção de artesanatos e bolsas", afirmou o representante do SindusCon-SP junto à Fiesp e membro do Comitê Organizador do 83º Enic, João Claudio Robusti.

O evento contará com o apoio institucional de: Associação Paulista dos Empresários de Obras Públicas (Apeop); Associação das Construtoras do Vale do Paraíba (Aconvap); Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano (Aelo); Sindicato das Empresas de Compra e Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo (Secovi-SP); Serviço Social da Construção de São Paulo (Seconci-SP) e demais entidades da cadeia produtiva do setor.

Fonte: Sinduscon – SP