Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Abyara negociou dívida com 8 dos 9 bancos credores

Texto: Redação AECweb

Após renegociação, incorporadora pretende aumentar o capital em 100 milhões de reais

22 de maio de 2009 - O diretor presidente da incorporadora Abyara, Astério Vaz Safatle, afirmou que a empresa "está no limiar da resolução" do endividamento bancário. "Já foram firmados acordos com oito dos nove bancos credores da incorporadora.

Com um dos bancos, falta apenas a assinatura oficial, porque verbalmente já está acertado", disse Safatle, em teleconferência, ao comentar os resultados do primeiro trimestre.

Concluída a renegociação com os bancos, os controladores pretendem aumentar o capital da empresa em R$ 100 milhões.

A operação deve ser autorizada por assembléia geral extraordinária (AGE) marcada para o próximo dia 29. "Em duas ou três semanas, estaremos anunciando o aumento de capital", afirmou Safatle.

A Abyara vendeu US$ 68,1 milhões em ativos no primeiro trimestre. Como no período houve amortização de obrigações de R$ 52,5 milhões, a entrada líquida de caixa somou US$ 15,6 milhões.

No fim do primeiro trimestre, o endividamento era de 388 milhões, o que levou a dívida líquida para R$ 363 milhões, o equivalente a duas vezes o patrimônio líquido.

Com a conclusão da renegociação da dívida bancária, o endividamento deve recuar para R$ 287 milhões, com dívida líquida de R$ 261 milhões. Além da venda de ativos, a Abyara reduziu o número de empregados de 135 e 78.

Fonte: DCI - SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: