Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Ações locatícias caíram 15,8% em 2020, diz Secovi-SP

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

No acumulado de 2020, foram registrados 13.189 processos. Em dezembro, o número de ações locatícias na capital paulista aumentou 36,9% em relação a novembro

No último mês de 2020, as ações por falta de pagamento de aluguel foram responsáveis por 82,4% dos casos, com 832 ações (Créditos: ranimiro/ Shutterstock)

11/02/2021 | 17:01 - Segundo a pesquisa feita pelo Departamento de Economia e Estatística do Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP), no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, em dezembro do ano passado, o número de ações locatícias na capital paulista aumentou 36,9% em relação a novembro. O levantamento apurou que 1.010 ações foram protocoladas em dezembro, contra 738 ações em novembro.

Em comparação com dezembro de 2019, quando 1.077 ações foram registradas, houve queda de 6,2%. No acumulado de 2020, foram registrados 13.189 processos, resultado 15,8% menor que o mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas 15.666 ocorrências.

No último mês de 2020, as ações por falta de pagamento de aluguel foram responsáveis por 82,4% dos casos, com 832 ações. As ações ordinárias/despejo apareceram na segunda posição, com 86 processos e participação de 8,5%. As ações renovatórias e as consignatórias participaram, respectivamente, com 85 ações (8,4%) e 7 processos (0,7%).

Leia também:

Vendas e lançamentos imobiliários cresceram em novembro de 2020, diz Abrainc

Preço dos imóveis residenciais tem alta de 10,28% em 2020, diz Abecip

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: