Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

AFEAL realiza fórum online para debater medidas durante a pandemia

Texto: Redação AECweb/e-Construmarket

Evento reuniu 45 representantes de empresas para discutir iniciativas e estratégias para a condução dos negócios no setor de esquadrias de alumínio

Entre os convidados especiais do evento estava Milton Rego, presidente da Associação Brasileira de Alumínio (ABAL), que explicou o atual cenário do mercado da extrusão (Créditos: RUBEN M RAMOS/ Shutterstock)

27/03/2020 | 10:54 - A Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio (AFEAL) realizou na última quarta-feira (25) o fórum online “Impacto dos decretos, portarias e medidas provisórias para o setor de esquadrias de alumínio”, que reuniu 45 representantes de empresas para discutir iniciativas e estratégias para a condução dos negócios no setor, em meio à atual pandemia do coronavírus, e para a retomada após o fim da quarentena.

Entre os convidados especiais do evento estava Milton Rego, presidente da Associação Brasileira de Alumínio (ABAL), que explicou o atual cenário do mercado da extrusão. Segundo ele, dois terços das empresas associadas à ABAL estão funcionando normalmente. O setor administrativo tem trabalhado remotamente e a planta mantida, com maior controle em relação à saúde, mas a produção permanece ininterrupta.

Rego também informou que o setor tem atuado em conjunto para dialogar com os governos. “Fizemos uma carta falando sobre a essencialidade do alumínio e enviamos aos estados e à Federação. Especialmente nos casos de Santa Catarina e Ceará, que bloquearam vias, nossa atuação é muito importante”, disse.

Ao final do evento, o presidente da AFEAL, Alberto Cordeiro, comentou sobre a importância da entidade no atual cenário. De acordo com ele, a AFEAL vai congregar o interesse de todos, ouvir as dificuldades e necessidades, para organizar estas demandas e apresentá-las às esferas públicas, com o intuito de mitigar os impactos da crise no setor.

Para assistir na integra a gravação do fórum, cliquei aqui.

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: