Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Agências abrem vagas para a construção civil

Texto: Redação AECweb

Principais funções pedidas pelas construtoras são para pedreiro, servente de pedreiro, eletricista, encanadores e mestre de obras

01 de fevereiro de 2010 - As pesquisas referentes ao mercado de trabalho revelam: é na construção civil que está o maior número de vagas disponíveis atualmente. De pedreiro a engenheiro civil. O mercado está precisando destes profissionais que nem sempre estão qualificados.

Segundo dados do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon) o número de trabalhadores na construção civil atingiu recorde no mês de novembro de 2009, com a contratação de 23,7 mil pessoas com carteira assinada, um crescimento de 1,02% em relação a outubro, elevando para 2,351 milhões os empregados no setor em todo o país. O Nordeste foi a região que mais contratou. Os dados fazem parte da pesquisa mensal feita pelo Sinduscon-SP e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Segundo a coordenadora de Seleção e Treinamento da Plena Recursos Humanos, Gislaine M. P. Macedo, as principais funções pedidas pelas construtoras são para pedreiro, servente de pedreiro, eletricista, encanadores e mestre de Obras. "A construção civil é uma área promissora que nunca para. Existem construções o ano todo, o que faz gerar contratações."

Segundo Gislaine, as empresas não estão exigindo com rigor a formação e qualificação, mas pelo menos algum conhecimento na área pleiteada. "As empresas estão bem flexíveis e aceitam profissionais que já tenha alguma experiência na área, podendo até ser profissionais liberais (autônomos), provando que conhecem o serviço através de testes."

Para a gerente comercial da Servteg Empregos, Kátia Rossi, há muita procura pelos encarregados de obra, carpinteiros, armadores, serventes, técnico de Edificações e Engenheiros Civis. Vagas que podem ser encontradas também em Jundiaí. "A construção civil passou por alguns momentos difíceis, mas é uma área que sempre foi promissora e agora com o incentivo da redução do IPI de vários produtos destinados à ela ficou mais fácil. Poucos são aqueles que se qualificaram. Algumas das grandes construtoras montam centro de treinamento na própria obra capacitando os profissionais que desejam e precisam se estabelecer nesta área."

Posto de Atendimento - No Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), em Jundiaí, algumas vagas foram abertas para o setor da construção. Entre elas para pedreiro, carpinteiro, eletricista de instalações/ instalador de linhas elétricas de alta e baixa - tensão (rede aérea e subterrânea), engenheiro eletricista de manutenção/ engenheiro eletricista, técnico de manutenção eletrônica / técnico eletrônico, eletricista de instalações / eletricista de instalações (edifícios), encanador, pedreiro de edificações / pedreiro, pintor de obras, marceneiro e servente de obras. Ao todo são 25 vagas que deverão ser distribuídas para três construtoras da cidade. O candidato tem a opção de ir pessoalmente até um PAT, ou pode fazer o cadastro pela internet, acessando o site www.empregasaopaulo.sp.gov.br.

Fonte: Jornal de Jundiaí - SP

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: