Banner AECweb
menu-iconPortal AECweb

Aluguel de imóveis corporativos sobe na cidade de São Paulo e bate recorde

Texto: Redação AECweb

Alta foi de 7%, para R$ 102,50 o m² no terceiro trimestre, de acordo com levantamento

24 de novembro de 2010 - O preço da locação de imóveis corporativos na cidade de São Paulo atingiu o maior valor dos últimos anos.

No terceiro trimestre, em média, a alta foi de 7%, para R$ 102,50 o m², segundo levantamento realizado pela consultoria imobiliária Colliers Internacional.

"Esse é o maior valor médio da história já cobrado em São Paulo. Convertido para dólares, atinge US$ 62,50 o m2. No boom dos anos 2000 e 2001, o pico de algumas regiões chegou a US$ 60", diz Sandra Ralston, vice-presidente da Colliers no Brasil.

A escassez de imóveis disponíveis para locação e o baixo volume de entregas de edifícios, reflexo da crise de 2008, são os responsáveis pelo aumento do aluguel, principalmente em regiões nobres, como a Faria Lima.

A taxa de vacância (índice de imóveis vagos) de edifícios de alto padrão fechou o terceiro trimestre em 2,8% -a menor desde o segundo trimestre de 2008.

"É um índice muito baixo para a área comercial. As taxas de vacância aceitáveis para um mercado equilibrado são de 10% e 11%", diz.

Até 2013, cerca de 1 milhão de m2 devem ser entregues na capital, segundo Ralston.

"Dependendo de como a economia estiver, o mercado vai absorver essa oferta e a taxa de vacância atingirá um equilíbrio. Os preços poderão até cair, mas a tendência é a estabilização", diz.

Entre as nove regiões pesquisadas na cidade, Itaim e Faria Lima lideram o ranking de preço do aluguel, com R$ 141,50 e R$ 131,50, respectivamente, o m².

Fonte: Folha de São Paulo

x
Gostou deste conteúdo? Cadastre-se para receber gratuitamente nossos boletins: