Atividade na construção civil estabiliza após 2 meses de queda

Texto: Redação AECweb

Sondagem da CNI (Confederação Nacional da Indústria) aponta que o nível de atividade no setor de construção civil parou de cair em março

06 de maio de 2011 - Elaborada a partir de entrevistas em 388 empresas nos dias 31 de março a 14 de abril, a sondagem da construção civil sintetiza as respostas num indicador de escala 0 a 100. Pela metodologia dessa pesquisa, qualquer resultado acima de 50 pontos significa que o setor está em expansão.

Em março, o indicador do nível de atividade bateu os 49,9 pontos, ante 49 em fevereiro e 47,2 em janeiro.

A área de análise da CNI aponta uma "acomodação" do setor após o forte crescimento visto em 2010. Em todo o ano passado, o indicador de atividade nunca ficou abaixo dos 50 pontos.

"A situação financeira das empresas exemplifica essa situação. A margem de lucro operacional, que era considerada satisfatória no quarto trimestre de 2010, foi avaliada como insatisfatória no primeiro trimestre do ano", comentam os economistas da Confederação. "O acesso ao crédito, que não era fácil nem difícil no trimestre anterior, agora foi avaliado como difícil".

Fonte: Folha de São Paulo